CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quinta-feira, 14 de novembro de 2019
Arrendamento
Matosinhos - Por Anibal Miranda de Matosinhos - Portugal - Flickr CC BY 2 wikimedia

Matosinhoshabit ajuda 600 famílias num ano

22 de agosto de 2019

A MatosinhosHabit gere o parque habitacional municipal do concelho e já funciona há 20 anos. A autarquia indica que apoia 600 famílias num ano. Hoje anunciou que lançou o novo serviço de pagamentos de rendas pela internet.

Em Abril de 2018, refere ainda que foi lançado o programa de apoio de informação jurídica, no seguimento da então reforma legislativa do arrendamento urbano, com o intuito de ajudar os arrendatários a compreender as formalidades associadas aos seus contratos.

Até Julho deste ano, 410 famílias recorreram a este serviço. 40% dos processos foram motivados pela cessação de contratos, situação em que o senhorio notifica o arrendatário da intenção de não renovar o contrato de arrendamento.

Destaque ainda para os problemas relacionados com a salubridade das habitações arrendadas e o procedimento a adoptar para interpelar o senhorio a executar obras no locado.

O programa de apoio de informação jurídica recebeu também solicitações por parte de senhorios- cerca de 10% do total de pedidos de apoio, que procuraram sobretudo informação relacionada com a actualização dos contratos de arrendamento ao abrigo do Novo Regulamento do Arrendamento Urbano.

Outro dos serviços que a MatosinhosHabit presta é o aconselhamento económico-financeiro. Lançado em Outubro de 2018, este programa resulta de uma parceria com a associação IPSUM HOME e permite apoiar os arrendatários em situações de endividamento e de particular vulnerabilidade, muitas vezes a causa para o incumprimento das mensalidades do arrendamento.

Até à data já foram acompanhadas 180 famílias. O apoio prestado inclui o diagnóstico da situação financeira dos agregados familiares, a elaboração de uma proposta de reajustamento financeiro e a sua respectiva execução e acompanhamento.

A autarquia refere também que desde o início do mês de Agosto que é possível efectuar o pagamento das rendas por multibanco (através da emissão de uma referência bancária) e por Payshop.

Com esta medida, a MatosinhosHabit pretende simplificar o processo de liquidação dos alugueres municipais, especialmente para os inquilinos que, não tendo possibilidade de activar o pagamento por débito directo, têm que se deslocar todos os meses aos serviços da empresa municipal de habitação.

Até ao dia 20 de Agosto, das rendas recebidas, 802 são provenientes destas duas novas formas de pagamento, o que corresponde a 35% do total dos avisos/recibos enviados.

PUB
ARRENDAMENTO
Rendas das casas aumentam 3,4% em Outubro em termos homólogos - INE
13 de novembro de 2019
PUB
PUB
PUB