CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
domingo, 9 de maio de 2021
Opinião
Como a digitalização e a ecologia estão a mudar o setor da logística

Como a digitalização e a ecologia estão a mudar o setor da logística

13 de abril de 2021

Ainda que o crescimento económico tenha abrandado na Europa, a procura por logística, particularmente para espaços logísticos, está a aumentar. Os principais drivers desta evolução são mudanças estruturais tais como a globalização crescente, a dinamização de comércio intraindustrial externo na União Europeia, o crescimento contínuo e sem precedentes do e-commerce, a mudança de cadeias de abastecimento, a crescente urbanização, entre outros.

A globalização, o e-commerce, a urbanização, as cadeias de distribuição, a ecologia e a indústria 4.0 são as mega-tendências da logística. A transformação do setor é influenciada de muitas formas por todas estas mega-tendências, mas gostaria de destacar as últimas duas. Para além dos efeitos das mudanças económicas e sociais na indústria da logística e especialmente no segmento imobiliário correspondente, a indústria como um todo também é parte e está comprometida com o repensar digital e ecológico do nosso tempo.

A Aquila Capital é reconhecida pelo seu compromisso a longo-prazo com os critérios de investimento sustentável, o que combinado com o seu nível de especialização em desenvolvimento imobiliário, proporciona o enquadramento ideal para a implementação da nossa estratégia de logística verde. Os projetos logísticos da Aquila Capital permitem que os investidores institucionais beneficiem duplamente: ao oferecer oportunidades de retorno atrativas e ao contribuir para a transição energética europeia. A Aquila Capital tem um histórico forte em investimentos logísticos, com foco em instalações de logística verde na Alemanha e em Espanha, Portugal e Itália.

A expansão significativa dos processos logísticos dentro da criação de valor das cadeias de abastecimento – desde as matérias-primas até ao consumidor final – torna possível recolher quantidades significativas de dados. Os dados são a moeda dos nossos tempos e estão incluídos no termo genérico Indústria 4.0, onde existem variáveis tais como a análise de big data e a inteligência artificial. Se a enorme quantidade de dados pode ser avaliada com a ajuda de métodos modernos e de inovações, a logística vai passar de um fornecedor de serviços puro para uma componente central e extremamente valiosa da economia global. As previsões e informações resultantes permitem processos significativamente mais eficientes e impulsionam a integração da logística em todas as áreas.

Ao crescimento extremamente dinâmico e fluído na procura por soluções logísticas, causado tanto por produtores como por consumidores, tem-se juntado o desafio ecológico dos nossos tempos. A reorganização do setor é um grande desafio mas também oferece oportunidades. A penetração do setor logístico em cada vez mais áreas torna-o um elo de ligação central na economia. A dinâmica associada com processos de catch-up dá o aval para oportunidades de retorno apelativas que as empresas devem perseguir de forma a prosperar neste setor.

Esta é uma das razões pelas quais as empresas neste setor se focam na Europa do Sul como espaço para procurar boas oportunidades que se podem antecipar como lucrativas a longo-prazo. Países como Portugal, Espanha, Itália e Grécia estão a desenvolver a sua pegada digital e a interagir em negócios nos quais não teriam conseguido estar envolvidos há uma década. Com a sua ligação ao mar, as empresas relacionadas com energias renováveis, sustentabilidade e ecologia perspetivam estes países como uma oportunidade para desenvolver o seu negócio. Acima de tudo, pode-se esperar um alto potencial de crescimento infraestrutural e especialmente logístico no Sul da Europa a médio e longo prazo. A recuperação dos países da Europa do Sul e importância crescente dos seus portos abrem grandes oportunidades e potencial para trabalhar no futuro.

Rolf Zarnekow

Responsável pela área de gestão de investimento em imobiliário da Aquila Capital

*Texto escrito com novo Acordo Ortográfico

PUB
TURISMO
Cerca Design House: Refúgio no coração da Serra da Gardunha reabre portas
7 de maio de 2021
ARRENDAMENTO
Arrendamento em Portugal no radar dos investidores. Próximos anos serão de crescimento
7 de maio de 2021
PUB
PUB
INTERNACIONAL
Generali muito activa no mercado imobiliário europeu
7 de maio de 2021
PUB