CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quarta-feira, 22 de janeiro de 2020
Actualidade

CBRE vai gerir mais três Centros Comerciais em Portugal

14 de janeiro de 2020

A CBRE assumiu a gestão de mais três centros comerciais em Portugal, o 8ª Avenida, em São João da Madeira, o Rio Sul Shopping, no Seixal e o LoureShopping, em Loures, completando o seu portefólio de activos, agora com oito centros só no nosso país.

Os novos activos juntam a assets como o Alameda Shop & Spot, no Porto, o UBBO, em Lisboa ou o Alma Shopping em Coimbra.

Além do mandato de gestão dos novos centros, a CBRE será ainda a responsável pelo processo de refurbishment do centro do Seixal, Rio Sul Shopping.

A CBRE, líder a nível ibérico na gestão e comercialização de centros comerciais, conta, actualmente, no seu portefólio com mais de trinta imóveis, que totalizam uma área equivalente a cerca de um milhão e 700 mil metros quadrados. Anualmente, a CBRE recebe mais de 250 milhões de visitantes nos seus centros comerciais, entre Portugal e Espanha.

Segundo Francisco Horta e Costa, Director Geral da CBRE Portugal, “os centros comerciais vivem momentos de grande transformação. Numa época em que a visita aos mesmos não se cinge apenas a uma experiência de compra, começamos a integrar momentos de entretenimento e cultura, transformando os centros comerciais em pontos de encontro da maior relevância para a sua comunidade e na sua área de influência. Esta é uma área de negócio que tem mostrado um crescimento significativo de ano para ano,  confirmando que a nova forma de pensar a experiência do consumidor em cada centro comercial vem materializar o olhar da CBRE sobre o futuro do retalho”.

A consultora indica que mesmo numa altura em que o comércio online ganha força em Portugal, verifica-se que este não impacta negativamente a performance dos centros comerciais que registam vendas e footfall em crescimento, continuando o sector bastante activo, com uma oferta de novas valências além do retalho tradicional. "Atrair novos  visitantes, manter a competitividade, o poder de atracção, e  permitir a adaptação aos novos estilos de vida e aos avanços tecnológicos são as principais preocupações da CBRE nesta área. Tornando-se verdadeiros espaços de experiência, os centros comerciais reinventam-se, oferecendo momentos que combinam as mais recentes e inovadoras características digitais com um ambiente físico único, mais ágil e cómodo", explica a CBRE em comunicado..

PUB
ARRENDAMENTO
Rendas em Lisboa caem pela primeira vez desde 2016, desceram 1,4%
15 de janeiro de 2020
PUB
PUB
PUB