CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quarta-feira, 27 de outubro de 2021
Sustentabilidade
Edifícios com desempenho energético devem ser "o novo normal" - Comissão

Edifícios com desempenho energético devem ser "o novo normal" - Comissão

20 de abril de 2021

A comissária europeia para a Energia, Kadri Simson, sublinhou hoje a importância da iniciativa 'Vaga de Renovação' no combate à pobreza energética na União Europeia, defendendo que edifícios com desempenho energético e sustentáveis devem ser "o novo normal".

O facto de, actualmente, não haver "uma definição padrão de pobreza energética", tendo em conta que "os Estados-membros desenvolvem os seus próprios critérios de acordo com o contexto e as condições nacionais e regionais", torna a estratégia europeia 'Vaga de Renovação' (Renovation Wave) "muito importante", defendeu Kadri Simson, que falava numa sessão virtual sobre pobreza energética.

A protecção do direito dos cidadãos a uma habitação com energia acessível é "um dos princípios básicos" da estratégia 'Vaga de Renovação' e, nesse sentido, a comissária sublinha que edifícios com desempenho energético e sustentáveis devem ser "o novo normal".

Segundo Kadri Simson, as razões da pobreza energética "não são directas" e dependem de questões como "rendas baixas" e "baixa eficiência energética".

"Partindo do pressuposto de um dos mais graves problemas da sociedade, que determinou efeitos a longo prazo nos indivíduos, na economia e no planeta, com 34 milhões de europeus a lutar para manterem as suas casas suficientemente aquecidas no Inverno, é claro que não podemos perder tempo", alertou.

Enquanto a situação de pobreza energética persistir na União Europeia (UE), a transição digital e verde "não pode acontecer a toda velocidade", continuou, reforçando que "a Europa precisa de ser um exemplo de transição bem-sucedida que apoie a adoção de soluções de renovação para todas as populações e aproveite ao máximo o potencial dos programas de financiamento" da Comissão Europeia.

A responsável destacou ainda a iniciativa de habitação a preços acessíveis, que trabalhará "com bairros sociais e de habitação a preços baixos", e as directivas europeias para a tributação dos produtos energéticos e do desempenho energético, que legislam sobre "a eficiência e o desempenho energético de edifícios".

O executivo comunitário está também a trabalhar para "transformar o Observatório para a Pobreza Energética da UE numa plataforma de acção em que as políticas e medidas municipais são direcionadas para uma maior eficácia", passando a actuar como "assistente técnico".

Kadri Simson participou hoje numa conferência virtual intitulada "Pobreza energética na encruzilhada do Pilar Europeu dos Direitos Sociais e do Pacto Ecológico Europeu", organizada pelo Comité Económico e Social Europeu (CESE).

O Pilar Europeu dos Direitos Sociais vai estar no centro da Cimeira Social que a presidência portuguesa do Conselho da UE realiza a 7 e 8 de Maio, no Porto.

LUSA/DI

PUB
PUB
TURISMO
Alojamento e Restauração com maior proporção de novas contratações no 2º trimestre
27 de outubro de 2021
ARRENDAMENTO
Procura de famílias estrangeiras que fixam residência em Portugal impulsionam mercado de arrendamento
27 de outubro de 2021
PUB
PUB
INTERNACIONAL
Novo Fundo de Investimento da Sonae Sierra adquire cinco supermercados na Alemanha
26 de outubro de 2021
PUB