CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quarta-feira, 27 de outubro de 2021
Turismo
Dormidas de residentes aumentaram no primeiro semestre mas a grande distância de 2019

Dormidas de residentes aumentaram no primeiro semestre mas a grande distância de 2019

30 de julho de 2021

O sector do alojamento turístico registou 1,4 milhões de hóspedes e 3,4 milhões de dormidas em Junho, superiores aos números de 2020 mas muito inferiores ainda dos observados em Junho de 2019.

De acordo com os números avançados hoje pelo INE - Instituto Nacional de Estatística, os resultados de Junho deste ano são superiores aos comparados com os  476,7 mil hóspedes e 1,0 milhões de dormidas em Junho de 2020. Os níveis atingidos em Junho de 2021 foram, no entanto, inferiores aos observados em Junho de 2019, tendo diminuído o número de hóspedes e de dormidas, 50,1% e 52,6%, respectivamente.

Comparando ainda com junho de 2019, observaram-se decréscimos de 7,6% nas dormidas de residentes e de 72,0% nas dormidas de não residentes.

No primeiro semestre do ano, verificou-se uma diminuição de 21,3% das dormidas totais, resultante de variações de +23,7% nos residentes e de -50,8% nos não residentes. Note-se que estas variações são influenciadas pelo facto de nos dois primeiros meses de 2020 não se ter ainda feito sentir o impacto da pandemia. Comparando com o mesmo período de 2019, as dormidas registaram uma diminuição de 73,4% (-42,3% nos residentes e -85,9% nos não residentes).

Em Junho, 25,3% dos estabelecimentos de alojamento turístico estiveram encerrados ou não registaram movimento de hóspedes (37,2% em Maio).

As dormidas na hotelaria (80,1% do total) aumentaram 261,5% (-54,0% face a Junho de 2019). As dormidas nos estabelecimentos de alojamento local (peso de 14,1% do total) cresceram 183,4% (-53,9% face ao mesmo mês de 2019) e as de turismo no espaço rural e de habitação (quota de 5,9%) aumentaram 84,4% (-6,6% face a Junho de 2019).

No mês em análise, 25,3% dos estabelecimentos de alojamento turístico estiveram encerrados ou não registaram movimento de hóspedes (37,2% em maio).

Mercado interno com crescimento superior a 20% no primeiro semestre

Em Junho, o mercado interno (peso de 58,7%) contribuiu com 2,0 milhões de dormidas e os mercados externos com 1,4 milhões. Comparando com o mês de junho de 2019, observaram-se decréscimos de 7,6% nas dormidas de residentes e de 72,0% nas de não residentes.

Mercados polaco, suíço e belga com crescimento no primeiro semestre

O INE avança ainda que a totalidade dos dezassete principais mercados emissores registou aumentos em Junho, tendo representado 88,3% das dormidas de não residentes nos estabelecimentos de alojamento turístico neste mês. No mesmo mês, o mercado britânico representou 22,8% do total de dormidas de não residentes, seguindo-se os mercados espanhol (quota de 14,3%), alemão (11,3%) e francês (10,6%). No primeiro semestre de 2021, registaram-se aumentos nos mercados polaco (+29,0%), suíço (+11,9%) e belga (+3,3%), enquanto os restantes principais mercados registaram decréscimos.

Dormidas de residentes aumentaram na RA Madeira, Alentejo, RA Açores e Algarve

O Algarve concentrou 34,1% das dormidas em junho, seguindo-se a AM Lisboa (16,8%), o Norte (15,8%) e o Centro (12,6%). No primeiro semestre do ano, registaram-se crescimentos no número de dormidas na RA Açores (+28,2%) e no Alentejo (+15,4%), enquanto as restantes regiões apresentaram diminuições.

No conjunto dos primeiros seis meses do ano, em termos de dormidas de residentes, registaram-se aumentos em todas as regiões, com realce para as evoluções registadas na RA Madeira (+99,8%), RA Açores (+66,3%) e Algarve (+52,6%).

Neste período, todas as regiões apresentaram decréscimos no número de dormidas de não residentes, com as menores reduções a registarem-se no Alentejo (-15,9%), enquanto as restantes regiões apresentaram diminuições superiores a 30%.

A estada média nos estabelecimentos de alojamento turístico (2,49 noites) aumentou 15,1% (+0,9% em maio). A estada média dos residentes cresceu 5,0% e a dos não residentes aumentou 6,9%.

PUB
PUB
TURISMO
Alojamento e Restauração com maior proporção de novas contratações no 2º trimestre
27 de outubro de 2021
ARRENDAMENTO
Procura de famílias estrangeiras que fixam residência em Portugal impulsionam mercado de arrendamento
27 de outubro de 2021
PUB
PUB
INTERNACIONAL
Novo Fundo de Investimento da Sonae Sierra adquire cinco supermercados na Alemanha
26 de outubro de 2021
PUB