CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quarta-feira, 20 de novembro de 2019
Sustentabilidade

Smart Cities: PME portuguesa seleccionada para juntar cidades e investidores na Europa

25 de setembro de 2019

A RdA Climate Solutions integra o restrito consórcio de nove organizações Europeias, liderado pelo Instituto Flamengo de Investigação Tecnológica (VITO), recentemente selecionado pela Comissão Europeia para gerir a EIP-SCC.

A European Innovation Partnership on Smart Cities and Communities (EIP-SCC) pretende constituir-se como um dos pilares que, em conjunto com todas as demais iniciativas e políticas do sector, inverta este cenário trazendo a inovação e a inteligência para as nossas cidades, independentemente da sua localização ou dimensão.

O objectivo da EIP-SCC é apoiar a Comissão Europeia na gestão e promoção de um conjunto de acções, nomeadamente na actualização do Marketplace, que se baseia numa plataforma que funciona como o balcão único das Smart Cites e que reúne as melhores práticas e projectos a nível europeu, dinamização de um conjunto de seis clusters temáticos, integrando representantes dos principais agentes associados ao desenvolvimento de cidades inteligentes, e por último, promoção de um conjunto de actividades de formação, capacitação e de matchmaking.

Jorge Rodrigues de Almeida, Managing Director da RdA Climate Solutions, explica que “a EIP-SCC posiciona-se como o ponto fulcral das Smart Cities na Europa, onde todos os intervenientes podem encontrar informação dedicada sobre o que de melhor se faz, bem como terem acesso a um conjunto de actividades de capacitação e matchmaking que permitem fomentar os investimentos nas cidades”, acrescentando que “o facto de a RdA ser a única empresa portuguesa a integrar o consórcio, aliado à desafiante responsabilidade de unir cidades e investidores, é resultado do nosso investimento na internacionalização e do envolvimento em projectos de inovação na área do financiamento sustentável”.

A RdA será responsável pelas actividades de matchmaking, promovendo a ligação entre as cidades e promotores com investidores institucionais e pela coordenação do cluster “Business Models, Finance and Procurement”, apoiando as cidades na definição e utilização de modelos de negócio e financiamento inovadores.

A Comissão Europeia pretende assegurar que a Europa seja o primeiro continente com uma economia neutra em carbono até 2050 prevendo apresentar muito em breve, entre outros, um “Green Deal” e um plano de investimento sustentável na Europa, com cerca de 1 bilião de euros ao longo da próxima década, financiados por fundos públicos e europeus, que certamente incluirão as cidades como beneficiários privilegiados, na medida em que estas são responsáveis por 60 a 80% das emissões de gases de efeito estufa na Europa.

PUB
ARRENDAMENTO
Englobamento obrigatório para rendimentos prediais terá “efeito perverso” no mercado – diz APEMIP
14 de novembro de 2019
PUB
PUB
PUB