CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quarta-feira, 22 de janeiro de 2020
Sustentabilidade

Guardian Select termina 2019 como líder ibérica no fabrico vidros duplos e triplos

14 de janeiro de 2020

A Guardian Select termina o ano de 2019, com o maior fabrico de vidros duplos e triplos em território ibérico e como pioneira na obtenção da certificação da chancela CE para unidades com árgon a 90% de concentração.

O ano que termina foi importante para esta marca da Guardian Glass, já que foi aquele em que surgiu, em Abril, a Guardian Select™ tem vindo a consolidar o seu nome, a sua marca, o seu compromisso e presença.

Surgiu com o objectivo de agrupar, debaixo do mesmo tecto, um grupo de profissionais qualificados totalmente comprometidos com a excelência no fabrico e fornecimento de unidades de vidro isolante de alto desempenho. 

Além das já referidas conquistas, em 2019 com o programa Guardian Plus, colocou-se na vanguarda da divulgação de conhecimentos sobre o vidro através de milhares de profissionais de caixilharia: fabricantes de sistemas de caixilharia, fabricantes de janelas, centros de distribuição e instaladores.

Lançou a campanha "Seu Mundo Janelas adentro", liderada pela Casa do Deserto, uma experiência real em que mostramos ao utilizador final que, com os vidros Guardian Glass adequados, a sua casa também pode ser um oásis de conforto e bem-estar, independentemente do frio ou calor exterior.

Para este ano a Guardian Select traça novos desafios, entre eles o trabalho na adaptação decorrente das alterações à norma EN1279 para o fabrico de vidro isolante. Uma elevada percentagem de fabricantes da Guardian Select estará já preparada em Março de 2020.

Também se propõe continuar a disseminar o conhecimento sobre o vidro do Código Técnico de Edificação. "Obviamente, continuaremos comprometidos com a formação e, em concreto, com soluções de vidro laminado para atenuação acústica, onde sabemos que há uma maior dificuldade na sua compreensão e correto uso", refere a empresa em comunicado.

PUB
ARRENDAMENTO
Rendas em Lisboa caem pela primeira vez desde 2016, desceram 1,4%
15 de janeiro de 2020
PUB
PUB
PUB