CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quinta-feira, 2 de dezembro de 2021
Actualidade
Construção de 50 casas municipais no Bairro da Boavista, na Freguesia de Benfica, em Lisboa - Foto cortesia CML 50 novas casas no Bairro Social da Boavista em Lisboa - 02 - Foto cortesia CML 50 novas casas no Bairro Social da Boavista em Lisboa - 03 - Foto cortesia CML 50 novas casas no Bairro Social da Boavista em Lisboa - 04 - Foto cortesia CML Construção de 50 casas municipais no Bairro da Boavista, na Freguesia de Benfica, em Lisboa - Foto cortesia CML

Lisboa: um “novo” Bairro da Boavista

4 de julho de 2018

Há muito que é um bairro degradado na capital, tanto do ponto de vista imobiliário e de habitabilidade como a nível social.

A 15 de Setembro de 2016, a autarquia deu início às primeiras demolições das velhas casas de alvenaria para dar lugar, numa primeira fase, a 50 novas casas. A intervenção, disse então Fernando Medina, “enquadra-se no Programa de Reabilitação Urbana da Zona de Alvenarias do Bairro da Boavista, através do qual a Câmara de Lisboa vai investir 24,6 milhões de euros em habitação municipal no Bairro da Boavista”, estimando o edil que os primeiros 50 novos fogos “estejam construídos dentro de um ano”. Bom, é certo que se passaram dois depois destas declarações, mas as primeiras 50 casas estão de facto quase prontas.

O presidente da edilidade fez questão de sublinhar: “Estamos a ultrapassar um bloqueio de muitas décadas". "Os bairros municipais não são bairros de segunda", disse, sublinhando que "Lisboa é uma cidade de todos e para todos, que queremos mais amiga, sustentável e ecológica."

Nesta primeira fase foram demolidas 70 velhas habitações e construídas 50 novas habitações sociais “com o que de mais moderno e de mais avançado existe, desde as soluções de arquitectura às soluções técnicas dos materiais, ao próprio conceito da eficiência energética".

No que toca à arquitectura, "é uma construção feita a pensar em ter no máximo um piso", enquanto ao nível dos materiais se optou por "soluções sustentáveis, do ponto de vista ambiental, do ponto de vista da eficiência energética e do aproveitamento de energia", disse.

Um programa global de 300 novas casas e um investimento de 24 milhões de euros

O programa integral envolve a construção de 300 casas e um investimento na ordem dos 24 milhões de euros". A construção das primeiras 50 casas – cuja conclusão está quase dada como finda - representou um investimento de cerca de 3,8 milhões de euros. Seguir-se-ão três fases. Depois dos primeiros 50 fogos, serão construídos mais 48, o que equivale a perto de três milhões de euros de investimento.

A previsão de Fernando Medina, em Setembro de 2016, é que a segunda fase, começasse no início de 2017 e estivesse terminada no início de 2018". Calendarização que não foi cumprida. "As terceiras e quarta fases estão pois também por arrancar.

No Bairro da Boavista vivem 1.500 famílias, 440 das quais em casas de alvenaria.

PUB
PUB
TURISMO
Apoios ao turismo foram fundamentais mas insuficientes - admite presidente da APAVT
1 de dezembro de 2021
ARRENDAMENTO
Preço das casas para arrendar desceu 4,2% no último ano
30 de novembro de 2021
PUB
PUB
INTERNACIONAL
ABANCA conclui a aquisição do negócio do Novo Banco em Espanha
30 de novembro de 2021
PUB