CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020
Internacional

Espanha: preço médio da habitação sobe 2,9%

11 de outubro de 2016

O preço médio da habitação (nova e usada) teve um aumento de 2,9% nos primeiros nove meses do ano e de 2,4% em termos anuais. A informação resulta da análise do índice “Tinsa IMIE General e Grandes Mercados”, elaborado regularmente pelo Grupo Tinsa, multinacional líder em avaliações, análise e assessoria imobiliária no país vizinho.

Foi nos arquipélagos das Baleares e das Canárias que o aumento de preço das casas teve um incremento mais acentuado em Setembro (4,4%) e também no período entre Janeiro e Setembro de 2016 (6%).

A seguir a estes dois arquipélagos, a melhor evolução registada na taxa anual de preços no mês de Setembro teve lugar na “Costa Mediterrânica”, com um aumento de 4,3%, e nos municípios mais pequenos (“Resto de municípios”), onde o valor médio aumentou cerca de 2,9% em relação ao mês homólogo do ano anterior.

Os preços das casas em Espanha estão porém ainda longe dos máximos alcançados antes do desencadear da crise económica e do rebentamento da chamada “bolha” imobiliária, tendo apenas recuperado 40,5%  desse patamar.

A análise do índice salienta ainda o “bom comportamento das "Capitais e grandes cidades" em Setembro, com o preço médio a aumentar na ordem dos 2,5%, acima do registado em Setembro de 2015. Enquanto as localidades mais pequenas (integradas no grupo "Resto de municípios") evidenciam um aumento de preço anual das casas algo acima dos 2,9%, as "Áreas metropolitanas" mantêm-se estabilizadas, com até uma ligeira descida de 0,5% comparativamente a Setembro de 2015.

PUB
ARRENDAMENTO
Rendas das casas aumentam 3,4% em Janeiro em termos homólogos
12 de fevereiro de 2020
PUB
PUB
PUB