CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quarta-feira, 12 de agosto de 2020
Actualidade
Acções da Merlin Properties já podem ser negociadas a partir de amanhã

Acções da Merlin Properties já podem ser negociadas a partir de amanhã

14 de janeiro de 2020

A Merlin Properties é a primeira SOCIMI espanhola a ser cotada no mercado regulado da Euronext e as suas acções emitidas e em circulação começarão a ser negociadas em Portugal a partir de amanhã.

A empresa imobiliária é a maior cotada na bolsa de valores espanhola, especializada na aquisição e gestão de activos imobiliários comerciais na península ibérica.

A Merlin indica que não emitirá nem fará oferta por nenhuma acção nova vinculada à cotação em Portugal. As acções continuarão admitidas a negociação nas bolsas de valores de Madrid, Barcelona, Bilbao, e Valência e, a partir de amanhã, serão admitidas a negociação na Euronext Lisboa, em regime de dual listing, com o mesmo Código ISIN (ES0105025003) e ticker (“MRL”).

Este início de cotação sublinha a intenção da empresa fortalecer a sua posição, conhecimento de marca e visibilidade no mercado português; assim como reforçar a sua relação com os stakeholders portugueses. A cotação em Portugal permitirá também aos investidores portugueses ter um acesso mais directo a uma das empresas imobiliárias líderes na Europa e dará à MERLIN Properties a oportunidade de expandir e diversificar a sua base de acionistas.

Portugal é um mercado chave para a Merlin Properties e, desde a sua primeira aquisição em Lisboa em 2015, ganhou um peso relativo no portefólio da empresa, representando agora 9% das receitas anuais por rendas.

Na opinião de Ismael Clemente, vice-presidente e CEO da Merlin, " as perspectivas de crescimento económico, os excelentes fundamentais do sector imobiliário e o contexto de estabilidade política actual confirmam o apelo de Portugal para nós. Como pretendemos continuar a aumentar a nossa presença no país, é essencial que a Merlin Properties seja cotada aqui”.

A empresa possui nove edifícios de escritórios em Lisboa, principalmente na zona CBD, como Marquês de Pombal ou Monumental, e na zona da Expo; um grande centro comercial em Lisboa (Almada) e terrenos para desenvolver novos activos logísticos no Lisboa Park (Vila Franca de Xira). Todos eles resultaram num excelente desempenho, com rendas anuais agregadas de 45 milhões de euros e uma ocupação de quase 100%.

PUB
TURISMO
Joya Del Casco: O botique Guesthouse que está a fazer sucesso em Sevilha e fala português
12 de agosto de 2020
PUB
ARRENDAMENTO
Rendas baixam em 25% dos imóveis que surgem para arrendamento
27 de julho de 2020
PUB
PUB
INTERNACIONAL
França estima impacto no turismo em cerca de 40.000 milhões de euros
10 de agosto de 2020
PUB