CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
domingo, 1 de agosto de 2021
Habitação by century 21
Portugueses dominam a compra de imobiliário de luxo

Portugueses dominam a compra de imobiliário de luxo

16 de março de 2021

Os estrangeiros são fortes investidores de imobiliário de luxo em Portugal mas na Porta da Frente Christie’s, em 2020, a lista é encabeçada pelos portugueses, seguidos dos brasileiros, franceses e ingleses.

De acordo com o estudo da mediadora de imobiliário de luxo Audience Review 2020, no ano passado foram 29 as nacionalidades que fizeram negócios com a Porta da Frente Christie’s. Os portugueses lideraram com 41% dos negócios efectivados, seguidos pelos brasileiros com 14%, franceses com 9% e os ingleses com 5%.

Em Cascais foram onde se realizaram o maior número de transacções com os portugueses a dominarem com 1.183.412,63 euros. Os brasileiros investiram 1.578.887,81 euros, os britânicos 1.610.000,00 euros, os franceses 1.243.000,00 euros e os russos 1.288.333,33 euros. Sendo que o valor médio de venda foi de 1.380.000 euros.

Seguiu-se o concelho de Oeiras onde os portugueses totalizaram 824.087,73 euros em compra de imóveis de luxo, os franceses 1.646.160,00 euros, os angolanos 1.230.500,00 euros, os alemães 1.435.500,00 euros e os holandeses 448.000,00 euros. O Valor médio situou-se nos 840.000 euros.

Em Lisboa, os portugueses investiram 759.900,00 euros, os brasileiros 792.872,73 euros, os franceses 1.041.912,00 euros, os chineses 509.000,00 euros e de Hong Kong 505.000,00 euros. O valor médio situou-se nos 750.000 euros.

Também fruto do momento que vivemos, o desejo de procura de uma vida mais calma, discreta e afastada dos grandes centros cosmopolitas faz-se cada vez mais notar e o Campo foi o lifestyle que obteve maior aumento de procura em 2020.

No entanto, a praia foi o destino mais procurado, seguido de beira-rio, depois as cidades e seguido pelo campo. Depois o histórico, contemporâneo, vinho e golfe.

As publicações nas redes sociais que geraram maior interação estão ligadas a esta tendência pós-pandémica, com escapismo de vídeos de grandes propriedades afastadas dos centros urbanos, desejo por moradias com piscina e jardim e empreendimentos junto ao mar. De notar que, de um modo geral, se registou um aumento de interações e visualizações com as publicações de 501% face a 2019.

As localizações mais procuradas, em Cascais  foi o Estoril (Monte Estoril), em Oeiras, foi o Alto do Lagoal, em Caxias e em Lisboa, foi Belém (Restelo).

Quanto aos empreendimentos mais procurados, em Lisboa, no top está o Distrikt, no Parque das Nações, seguido pela Torre Infinity, em Campolide e depois o 35 Praça Espanha, na Praça de Espanha.

Em Cascais, o Bayview Atlantic, no Centro de Cascais, está no topo, seguido pelo VillaMaria Pia, no Monte Estoril e Bayview Horizon, no Centro de Cascais.

Em Oeiras, domina o Jardim Miraflores, em Miraflores, seguido pelo Bugio Terrace, em Paço de Arcos e depois o Mare, no Alto de Algés.

Um relatório inovador

Audience Review 2020, desenvolvido com base nos dados gerados nas diversas plataformas de marketing que dispõe, como o Google Analytics, Google Ads, Facebook, Instagram, Linkedin, Youtube e Salesforce. Trata-se de uma exposição disruptiva e pioneira, apresentada através de uma página digital, que já se encontra disponível, onde os resultados são apresentados de forma interativa, dinâmica e acessível.

O lançamento do relatório Audience Review 2020 é também (mais) uma forma de comemorar o marco dos 25 anos de existência da Porta da Frente Christie’s, que completou em Dezembro de 2020, entre muitas outras ações especiais comemorativas que estão a ser preparadas.

“A Porta da Frente Christie’s completa 25 anos em 2021. Além de ser uma data muito especial, a nossa permanente busca pela inovação levou-nos a optar por apresentar este relatório de forma diferente do que temos feito até agora. O que assume a maior relevância, já que esta ferramenta ajuda a perceber algumas mudanças ocorridas na sociedade no último ano. No entanto, é importante sublinhar que as conclusões obtidas ilustram um mercado imobiliário nacional com muita vivacidade interna e que continua a ser desejado pelas mais diversas nacionalidades, talvez até com maior intensidade do que anteriormente”, afirma Rafael Ascenso, diretor geral da Porta da Frente Christie’s.

Consulte o relatório AQUI

PUB
ARRENDAMENTO
Arrendar casa em Lisboa custa agora 13,2 euros/m2
30 de julho de 2021
PUB
PUB
PUB