CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
domingo, 9 de maio de 2021
Sustentabilidade
Projecto inovador Bios Urban Farm irá nascer no campus da Nova SBE

Projecto inovador Bios Urban Farm irá nascer no campus da Nova SBE

22 de abril de 2021

Em colaboração com a Nova School of Business & Economics (Nova SBE) e a sua comunidade, a Bios Urban Farm, desenvolvida pela startup Bios, será inaugurada em setembro de 2021. O campus de Carcavelos passará a usar o desperdício energético dos seus edifícios para, através de tecnologia integrada, produzir vegetais.

A Bios é uma startup portuguesa que usa o desperdício energético dos edifícios para cultivar plantas através de tecnologias integradas, digitalizando a relação entre comida e energia, reduzindo as emissões de CO2 e cocriando um empreendimento comunitário para a criação de impacto social.

Através de tecnologias integradas, a Bios demonstra como tirar partido da relação entre a utilização de energia de um edifício e a produção de alimentos frescos. A sua abordagem facilita as tomadas de decisão baseadas em dados, ajudando a neutralizar as emissões de carbono e a aumentar o acesso a alimentos saudáveis produzidos localmente.

No início do projecto, os fundadores da Bios reconheceram a importância de envolver a comunidade local para conseguirem dar resposta aos desafios do abastecimento alimentar urbano. Em colaboração com a Nova School of Business & Economics (Nova SBE) e a sua comunidade, a Bios Urban Farm será assim uma realidade em Setembro de 2021. A Bios está actualmente a trabalhar com membros da comunidade Nova SBE para identificar a oferta e abastecimento de saladas e outros vegetais de folha verde no campus da escola.

Além dos alimentos que disponibilizará aos lojistas e negócios do campus da Nova SBE, esta urban farm será a base de um novo projeto de empreendedorismo social comunitário alimentar que será desenvolvido até Setembro de 2021. A Bios está actualmente a trabalhar de perto com alunos, staff e outros membros da comunidade para criar e montar esta empresa social alimentar, que oferecerá experiências de aprendizagem e desenvolvimento pessoal tanto no mundo digital como no físico.

Em Junho, a Bios lançará uma campanha de crowdfunding com vista à operacionalização da urban farm e da empresa social alimentar. Assim que tudo estiver a postos, alunos, staff e restantes membros da comunidade serão envolvidos na edificação deste projeto social alimentar. A Bios disponibilizará formação, procedimentos operacionais e consumíveis para fornecimento de alimentos frescos e saudáveis.

Em parceria com a Nova SBE, a Bios é pioneira nesta solução de produção urbana de alimentos que está na vanguarda da inovação ambiental e social na Europa – demonstrando como o digital pode acrescentar valor humano e ter um impacto positivo no mundo físico.

Luís Veiga Martins, Associate Dean for Community Engagement & Sustainable Impact e Chief Sustainability Officer da Nova SBE, sublinha a importância de a escola ser pioneira em edifícios de tecnologia limpa envolvendo a sua comunidade neste projecto orientado para o impacto na Nova SBE, afirmando que “é, sem dúvida, um projecto inovador com o objectivo de promover o envolvimento da comunidade assente nos princípios da economia circular, tendo, assim, um contributo decisivo para o nosso roteiro de ação climática. Acresce a isso o contributo deste projecto para os ODS, parte integrante da nossa estratégia, uma vez que a jornada dos ODS da Nova SBE sai reforçada e concretizada através de iniciativas e projectos como o da BIOS, posicionando-nos como um laboratório vivo e um centro para adquirir, partilhar e desenvolver conhecimento".

Os planos de engenharia do projeto foram finalizados e a construção arrancará num dos edifícios do campus de Carcavelos, nomeadamente o Cascais Academic Hall. Já o envolvimento da comunidade da escola está a ser materializado através do programa Makers in the Making. O estado do projecto, bem como novas iniciativas, eventos e como cada pessoa pode ter um papel a desempenhar pode ser consultado na plataforma Role to Play da Nova SBE. Esta reforça a ação da escola relativamente aos ODS e, nesta, a sociedade civil poderá encontrar investigação científica e não científica, abordagens e projectos impactantes para criar ou mapear as soluções capazes de transformar o mundo.

PUB
TURISMO
Cerca Design House: Refúgio no coração da Serra da Gardunha reabre portas
7 de maio de 2021
ARRENDAMENTO
Arrendamento em Portugal no radar dos investidores. Próximos anos serão de crescimento
7 de maio de 2021
PUB
PUB
INTERNACIONAL
Generali muito activa no mercado imobiliário europeu
7 de maio de 2021
PUB