CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
domingo, 9 de maio de 2021
Habitação by century 21
Avançam as obras das 476 casas municipais para famílias de classe média em Lisboa

Avançam as obras das 476 casas municipais para famílias de classe média em Lisboa

12 de abril de 2021

Dez anos depois dos últimos apartamentos construídos pela EPUL para jovens e famílias de classe média, a Câmara Municipal de Lisboa (CML) volta a construir lotes habitacionais para ter uma oferta pública de habitação para estes segmentos, desta vez através de uma bolsa de arrendamento em vez da venda de habitação.

Em comunicado, a autarquia avança que o primeiro de quatro lotes construídos de raiz com essa função, na Avenida das Forças Armadas, está na fase final das suas obras e tem pronto um apartamento modelo onde os candidatos ao Programa de Renda Acessível poderão conhecer, numa visita virtual a colocar nos sites da CML em função das limitações impostas pela pandemia, as soluções apresentadas nesta nova geração de habitação pública.

No total, este projecto integralmente financiado com fundos da autarquia, terá 476 casas, contando com diversas estruturas públicas para apoio dos futuros residentes e dos actuais moradores desta área, bem como espaços verdes, que ocuparão 10 mil metros quadrados.

Hoje Fernando Medina, presidente da CML, irá realizar uma visita ao andar modelo dos primeiros 128 apartamentos, do edifício piloto, que serão colocados num concurso do Programa de Renda Acessível a realizar nos próximos meses.

Nesta ocasião será também lançada a primeira pedra dos próximos lotes, com mais 128 casas e tipologias que vão do T1 ao T3, pelo Presidente do Município de Lisboa, Fernando Medina, e a Vereadora da Habitação, Paula Marques.

PUB
ARRENDAMENTO
Arrendamento em Portugal no radar dos investidores. Próximos anos serão de crescimento
7 de maio de 2021
PUB
PUB
PUB