CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
terça-feira, 27 de outubro de 2020
Actualidade
Real Estate Comics: Humor chega ao imobiliário através de Banda Desenhada

Real Estate Comics: Humor chega ao imobiliário através de Banda Desenhada

16 de outubro de 2020

Vamos trazer humor ao imobiliário. Numa iniciativa pioneira, o Diário Imobiliário vai ter uma Banda Desenhada. Com uma parceria com a equipa criativa da NBS, vamos brincar com coisas sérias do mundo imobiliário.

Neste universo não faltam situações que facilmente  ironizamos. É nesse sentido, que surge o Real Estate Comics , uma ideia levada a cabo por três jovens que decidiram colocar a sua criatividade para desenvolver uma BD do imobiliário. A ideia surgiu com André Casaca, que traz uma vasta experiência do sector imobiliário, não só porque nasceu numa família de promotores, como seguiu esse mesmo percurso. O desafio lançado aos seus amigos Miguel Neves, designer de formação e Hugo Laranjeira, o mais jovem do grupo mas também ele do sector imobiliário, foi aceite de imediato.

Com algumas séries de BD realizadas, chegou agora a parceria com o Diário Imobiliário, que abraça assim, um novo desafio, nunca antes realizado em Portugal, um jornal com uma BD dedicada exclusivamente ao sector. Um espaço que pretende trazer boa disposição a um sector muitas vezes apelidado de ‘cinzentão’.

Como nos conta a equipa da NBS, “a ideia de criar o Real Estate Comics surgiu com o propósito de contar a ‘verdadeira história do imobiliário’. Dentro dos eventos que promovemos na altura do confinamento tivemos a sorte de convidar pessoas de todas as áreas do mercado imobiliário e, no decorrer das conversas, concluímos que havia histórias caricatas que se repetiam, mudando apenas os players envolvidos. Assim, pensámos que seria interessante inventar uma maneira leve e divertida de criar a história da promoção imobiliária através de uma banda desenhada que mostrasse ‘As aventuras de Zé, o promotor imobiliário’. A banda desenhada é um formato que encaixa perfeitamente na nossa tentativa de contar a história de uma forma cómica e com algum sarcasmo à mistura”.

Mercado precisa de alguma irreverência

A NBS pretende sobretudo dizer que o mercado imobiliário pode ser um sítio menos aborrecido do ponto de vista da comunicação. “Achamos que o mercado precisa de alguma irreverência de forma a abandonar a imagem menos positiva que o público em geral tem. Tendo em conta que do ponto de vista da comunicação o mercado imobiliário só tem praticamente três chavões, ‘vendo’, ‘vendi’ e ‘vou vender’, entendemos que faz todo o sentido trazer criatividade e alguma ‘cor’ a este mercado tão cinzento. Resumindo, pretendemos satirizar o processo imobiliário e mostrar às pessoas que existem vários intervenientes no mesmo. Sempre que se fala em imobiliário, as pessoas associam automaticamente à mediação imobiliária. O mercado imobiliário é uma actividade de vários intervenientes. Através da BD pretendemos ‘apresentar’ os diferentes stakeholders demonstrando as fases do processo imobiliário de que fazem parte”.

Falta muita coisa neste sector e a criatividade é apenas uma delas

André, Miguel e Hugo consideram que falta muita coisa neste sector e a criatividade é apenas uma delas. Referem um mercado pouco transparente, em que os métodos evoluíram muito pouco nas últimas décadas e em que se confunde criatividade com distorção da realidade. “Encontrar maneiras para convencer pessoas de que algo que vale pouco, afinal vale muito não é criatividade, é aldrabice. Infelizmente, na criatividade aplicada aos métodos e processos imobiliários, tem havido pouca inovação e pouca gente a arriscar. Esperamos que esta banda desenhada incentive mais pessoas a darem esse passo, para bem do mercado!”, admitem.

Sobre a forma como o mercado vai receber o Real Estate Comics, a equipa espera que seja de forma positiva. “Sabemos que estamos a mexer com temas que são tabu, mas estamos a fazê-lo de forma ‘brincalhona’, falando das dores do mercado mas sem querer ofender ninguém. Acreditamos que temos uma história fantástica para contar porque o imobiliário é isso mesmo, um mercado fantástico que merece mais consideração”.

Humor pode ser um forma de ‘aproximar’ os vários players do mercado imobiliário

Para estes jovens criativos e talentosos, o humor é importante em todos os sectores da actividade económica. “Acreditamos que o humor pode ser um forma de ‘aproximar’ os vários players do mercado imobiliário (mediadores, investidores, promotores, projetistas, empreiteiros, municípios, bancos, etc…), apaziguando os climas de constante guerrilha que muitas vezes imperam. Aliás, esse é o nosso principal objectivo. Terminar com os tabus do mercado imobiliário, comunicando com transparência e fluidez”.

Na próxima semana, o Diário Imobiliário vai publicar os séries já desenvolvidas pela NBS e no dia 26 de Outubro irá publicar semanalmente uma nova série do Real Estate Comics.

Para ficar a conhecer melhor a equipa aqui vai a legenda da ilustração da equipa NBS.

Da esquerda para a direita…

- Miguel Neves, designer de formação que procura em tudo a perfeição. Apesar da sua curta idade, já conta com alguns prémios ao nível do design.

COGNOME “Mr. Perfection”

- André Casaca, Engº de formação que nada percebe de engenharia. A paixão pelo imobiliário dá-lhe motivação para correr riscos. Acredita plenamente que vai conseguir mudar a mentalidade de mercado e, como tal o seu cognome é:

“O Sonhador”

-  Hugo Laranjeira, o mais novo, o mais talentoso, o homem dos sete ofícios. Uma das maiores promessas do mercado imobiliário em Portugal, sem qualquer dúvida. A sua energia contagiante elege-o como “o FAST & FURIOUS”.

PUB
TURISMO
Turismo mundial regista baixa de 70% entre Janeiro e Agosto - OMT
27 de outubro de 2020
PUB
ARRENDAMENTO
Rendas descem 11,1% em Lisboa no 3º trimestre mas em Setembro voltam a subir
16 de outubro de 2020
PUB
PUB
INTERNACIONAL
No norte de Espanha mais de metade dos jovens possui casa própria
19 de outubro de 2020
PUB