Lisboa recebe 2,6 milhões de euros de taxa turística da Airbnb

08 de Agosto de 2018

Durante os primeiros seis meses deste ano, a Airbnb entregou à Câmara Municipal de Lisboa mais de 2.6 milhões de euros de receitas de taxa turística cobrada.

A coleta e entrega da taxa turística faz parte de um acordo entre a Airbnb e a cidade de Lisboa para promover a partilha responsável de alojamento e simplificar os processos para todos os intervenientes.A Airbnb revela que infelizmente, as novas regras propostas para o Alojamento Local irão aumentar a burocracia e os custos.

"A Airbnb vai mais além dos hotéis na distribuição de benefícios às famílias e às comunidades locais. E torna também mais fácil para os anfitriões pagar sua justa parte dos impostos e contribuir financeiramente para a cidade. As novas regras propostas são um passo na direção errada, pois vão prejudicar as famílias locais e aumentar a burocracia para todos. Queremos tornar mais fácil - não mais difícil – o cumprimento da Lei e continuaremos a trabalhar com os legisladores sobre regras baseadas no senso comum", afirmou Arnaldo Muñoz, Country Manager da Airbnb Marketing Services para Portugal e Espanha.

No Porto a Airbn entregou mais de 963 mil euros em taxa turística às autoridades da cidade durante a primeira metade de 2018.

No total, desde Abril de 2016 a Airbnb já colectou e entregou à capital portuguesa quase 8,1 milhões de euros em taxa turística paga pelos hóspedes, em nome dos seus anfitriões. Lisboa ocupa o 10º lugar entre os destinos mais desejados em 2018 para os viajantes que usam a Airbnb. Globalmente, a Airbnb remeteu 9.1 milhões de euros de taxa turística em nome de anfitriões em Portugal, valores relativos às duas maiores cidades do país.