Airbnb entregou a Lisboa 3,8 M € em taxa turística em 2017

15 de Abril de 2018

Já vai em cerca de 6 milhões de euros o valor entregue pela Airbnb às autoridades da cidade de Lisboa relativos à taxa turística desde o acordo com a Câmara Municipal de Lisboa, em Abril de 2016.

Trata-se do segundo ano em que a Airbnb remete à cidade de Lisboa o valor da taxa turística cobrada, em nome dos seus anfitriões, aos hóspedes que frequentam os alojamentos anunciados na plataforma.

A recolha e envio da taxa turística surge na sequência do acordo celebrado entre a Airbnb e a Câmara Municipal de Lisboa para promover uma partilha de alojamento responsável e simplificar a cobrança do imposto turístico para todos.

Esta notícia surge numa altura em que a Airbnb disponibiliza também novos dados sobre a comunidade de partilha de alojamento em Portugal, dos quais se destacam:

• Em 2017 os anfitriões em todo o país receberam mais de 2,6 milhões de hóspedes, ganhando um total de quase 250 milhões de euros em receitas;

• O anúncio típico da Airbnb foi partilhado, pelo menos, quatro noites por mês, com o anfitrião a receber cerca de 4.000 euros por ano;

• A grande maioria dos hóspedes que visitaram Portugal chegou da Europa, com quase 320.000 visitantes provenientes da América do Norte.

Arnaldo Muñoz, Country Manager da Airbnb em Portugal, assegura que "sempre que um hóspede visita Portugal usando o Airbnb as respectivas comunidades beneficiam com essa presença. O ano passado registou um número recorde de hóspedes a visitar Portugal através da Airbnb e, por isso mesmo, estamos muito satisfeitos em contribuir para os benefícios que o turismo tem para as famílias locais".

O responsável referiu ainda que "estamos também muito satisfeitos por trabalhar com Lisboa para tornar a colecta da taxa turística mais simples para todos e garantir que a cidade recebe este importante recurso financeiro. Vamos continuar a trabalhar com as cidades de todo o mundo na área das taxas turísticas e orgulhamo-nos de liderar o nosso setor neste tema tão importante".

Até agora, a Airbnb recolheu e entregou às autoridades mais de 510 milhões de dólares (cerca de 412 milhões de euros) de taxas em nome dos seus anfitriões, em mais de 340 locais em todo o mundo.