Vanguard investe 30 M € numa torre na rua Castilho

30 de Maio de 2018

Depois de ser um edifício de escritórios, o Castilho 203 vai receber habitação com 14 pisos e apenas 20 apartamentos. A Vanguard Properties, um grupo de investimento imobiliário português, liderado por um Family Office europeu, comprou o edifício à ESTAMO, através de concurso público, e começará agora a ser reabilitado estando concluído no prazo de 18 meses. A Vanguard investe neste projecto cerca de 30 milhões de euros na compra e reabilitação.

Trata-se de uma torrre de 14 pisos acima do solo e quatro pisos no subsolo, com apenas 20 apartamentos de tipologias T2 e T3 e uma Penthouse no 13º piso. Esta Penthouse terá uma área de 287 m2 a que acresce um terraço panorâmico no topo do edifício com cerca de 260 m2. Este terraço terá piscina privativa, lareira, barbecue e kitchenette.

Os apartamentos vão dividir-se entre Sky Flats com vistas deslumbrantes de 360 graus e City Flats que privilegiam a relação com o Parque Eduardo Vum II pela sensação da mancha verde que parece entrar pelas habitações. Ambas as tipologias apresentam acabamentos premium.

O Castilho 203 terá ainda uma piscina coberta no r/c, uma piscina ao ar livre no 8º piso, spa/ginásio no 1º andar, uma ampla receção e serviços de Concierge. O projecto de arquitetura da responsabilidade da ARX Arquitectos. O edifício terá ainda uma peça do artista José Pedro Croft que será especialmente criada para o Castilho 203 e colocada no hall de entrada.

“O projecto Castilho 203, pela sua qualidade, exclusividade, localização e vista incríveis será singular em Lisboa. O edifício terá apenas 20 apartamentos o que acentua o facto de ser o edifício mais exclusivo da capital. A Penthouse será também um imóvel com características únicas em Lisboa pela sua dimensão, qualidade de acabamentos, vista sobre a cidade e amenities como piscina privativa num terraço panorâmico de 260 m2”, revela José Cardoso Botelho, Managing Director da Vanguard Properties.