CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
segunda-feira, 18 de novembro de 2019
Habitação by century 21

V Porto é o novo projecto da Avenue para a Invicta num investimento de 40 milhões

17 de outubro de 2019

A Avenue reforça a sua presença no Porto, com um novo empreendimento, o 'V Porto', situado na rua D. Pedro V, na frente ribeirinha, entre o centro e a Foz, num investimento de cerca de 40 milhões de euros.

O condomínio será lançado comercialmente até ao final deste ano e a conclusão do projecto deve ocorrer durante o primeiro semestre de 2021.

O projecto de arquitectura é da autoria do arquitecto Arnaldo Brito, que aposta na contemporaneidade dos espaços, nas linhas retilíneas, nos amplos terraços, varandas e nos equipamentos comuns para os moradores. Estão previstos um jardim privativo, um campo de padel, um ginásio e uma sala comum. A maioria dos apartamentos terão uma vista ampla para o rio Douro e vários do último piso terão uma piscina privativa. O condomínio tem uma área total 18.800 m2, dos quais 5.700m2 serão para estacionamento, e os apartamentos contam com áreas entre os 52m2 e os 227m2.

O 'V Porto' é composto por 16 moradias e 82 apartamentos, distribuídos por oito pisos, com tipologias de T1 a T4. Os preços estimados para as unidades variam entre 195.000 e 1.660.000 euros. Concretamente, o valor a considerar para os T1 será entre 195.000 a 360.000 euros e o do T2 entre 425.000 e 630.000 euros. Já os apartamentos T3 custarão entre os 495.000 e 1.490.000 euros, enquanto que os T4 serão marcados a partir dos 880.000 até aos 1.660.000 euros. 

Segundo Aniceto Viegas, director geral da Avenue, este empreendimento "reforça o investimento da Avenue no Porto, através de um projecto de dimensão relevante e de grande qualidade. O V Porto beneficia de uma localização de centro de cidade, da proximidade do rio Douro, de escolas e de uma oferta alargada de comércio de conveniência".

Este é o segundo investimento da Avenue no Porto, depois do Aliados 107, um empreendimento de luxo localizado em plena baixa portuense, com quatro lojas e 23 apartamentos. Este projecto foi finalizado em Março 2018 e foi inteiramente pré-comercializado durante a construção.

PUB
ARRENDAMENTO
Englobamento obrigatório para rendimentos prediais terá “efeito perverso” no mercado – diz APEMIP
14 de novembro de 2019
PUB
PUB
PUB