CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
terça-feira, 22 de setembro de 2020
Habitação by century 21
Preço das casas em Lisboa diminuiu 0,4% no 2º trimestre

Preço das casas em Lisboa diminuiu 0,4% no 2º trimestre

3 de julho de 2018

No segundo trimestre deste ano verificou-se uma diminuição no preço das casas na cidade de Lisboa de 0,4%, no entanto mantém-se como a cidade mais cara do país com 2.629 euros/m.

Segundo o índice de preços do idealista, o aumento do preço de venda casas em Portugal foi de 6,4%, em termos homógos, sendo que o valor médio se situa agora nos 1.867 euros/m2.

A segunda região que apresenta os preços mais elevados é o Algarve onde custa 1.916 euros/m2 seguido pela Madeira (1.546 euros/m2). Do lado oposto da tabela, encontra-se o Centro (996 euros/m2), o Alentejo (1.129 euros/m2) e o Norte (1.420 euros/m2), como as regiões mais baratas.

O relatório mostra ainda que todas as regiões assistiram a um aumento de preços em termos trimestrais. Destaque para a região Norte, que viu os preços crescerem 8%. Seguem-se, por esta ordem, as regiões Lisboa e Algarve (ambas 5,9%), Alentejo (4,2%), Região Autónoma da Madeira e Centro (ambas 3,5%).

Os preços aumentaram em 15 capitais de distrito, com Aveiro e Guarda a liderar a lista (8,2% em ambos os casos). Seguem-se Évora (7,1%), Portalegre (5,6%), Beja (5,4%) e Viseu (5,2%). Já no Porto a subida foi de 4,3%.

A diminuição de 0,4% em Lisboa contrasta com as subidas verificadas no primeiro trimestre do ano (3,3%) e no último trimestre do ano passado (2%).

Na análise distrital, o idealista revela que os preços subiram em 17 distritos – entre 20 analisados, contando com a Madeira (ilha) e Porto Santo (ilha) –, com os maiores aumentos a terem lugar em Leiria (11,8%), Porto (8,3%), Guarda (8,2%) e Viseu (6,6%). No caso de Lisboa, a subida foi de 4,9%. 

Por outro lado, desceram em Bragança (-6,8%), Santarém (-3,1%) e Castelo Branco (-0,9%).

O ranking dos distritos mais caros continua a ser liderado por Lisboa (3.067 euros/m2), seguido por Faro (1.916 euros/m2) e Porto (1.649 euros/m2). Os preços mais económicos encontram-se na Guarda (648 euros/m2), Bragança (675 euros/m2) e Castelo Branco onde custa 678 euros/m2.

PUB
ARRENDAMENTO
Quartos para arrendar dispararam entre Maio e Agosto mas procura caiu
21 de setembro de 2020
PUB
PUB
PUB