CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quarta-feira, 20 de novembro de 2019
Habitação by century 21

Fundo Atlantis promove Amoreiras Eden em Lisboa

16 de outubro de 2019

Amoreiras Eden, é o mais recente projecto residencial em Lisboa, promovido pelo fundo Atlantis (gerido pela Silvip) e comercializado pela Porta da Frente Christie’s e JLL.

O projecto Amoreiras Eden tem a assinatura do Arquitecto Miguel Saraiva, fundador e CEO do atelier Saraiva e Associados, e consiste numa intervenção completa do antigo edifício, resultano num empreendimento com quatro pisos e 30 apartamentos com estacionamento. As unidades estão distribuídas nas seguintes tipologias: T1s com áreas entre os 48 e 89 m2, T2 entre os 79 m2 e 119 m2, T3 entre os 122 e 152 m2 e T4 entre os 176 e 217 m2. Os apartamentos contemplam acabamentos como pavimentos em madeira com isolamento acústico, equipamentos de topo e climatização com aquecimento e arrefecimento.

Localizado junto ao Jardim das Amoreiras e Mãe d’Água, o Amoreiras Eden privilegia a ligação à Natureza através de terraços, varandas e também jardins nos espaços comuns que poderão ser aproveitados por toda a família. Alguns dos apartamentos beneficiam ainda de vistas sobre a cidade de Lisboa. de dos espaços verdes.

“O projecto Amoreiras Eden pauta pelo prestígio não só da localização, mas também pela qualidade do produto com vistas sobre a cidade, terraços e acabamentos de topo, pensado para oferecer aos seus residentes uma vida de conforto e excelência. Temos a certeza que será um sucesso de vendas e que rapidamente captará o interesse de compradores nacionais e internacionais”, afirma Rafael Ascenso, Director Geral da Porta da Frente Christie’s.

Já Patrícia Barão, Head of Residential da JLL, garante que “As Amoreiras são uma das zonas mais valorizadas em Lisboa, não só pela centralidade, mas pela proximidade ao jardim das Amoreiras, um verdadeiro refúgio no coração da cidade. O Amoreiras Eden oferece 30 apartamentos com a assinatura do reconhecido arquitecto Miguel Saraiva e estamos certos de que vai ser um sucesso de vendas”, afirma.

 

PUB
ARRENDAMENTO
Englobamento obrigatório para rendimentos prediais terá “efeito perverso” no mercado – diz APEMIP
14 de novembro de 2019
PUB
PUB
PUB