CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quarta-feira, 27 de outubro de 2021
Habitação by century 21
Dimensão social da crise sublinha a priorididade à habitação - afirma ministra de Estado e da Presidência

Dimensão social da crise sublinha a priorididade à habitação - afirma ministra de Estado e da Presidência

22 de março de 2021

A ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, sublinhou hoje que, para responder à dimensão social da crise, é necessária "uma resposta eficaz" na habitação, uma área que há muitos anos não tem uma "resposta integrada".

"Todos sabemos que há muitos anos não temos uma resposta integrada nesta área. Não é possível responder às dimensões sociais sem ter uma resposta eficaz na área da habitação", afirmou Mariana Vieira da Silva na abertura de uma videoconferência sobre o plano de acção do Pilar Europeu dos Direitos Sociais.

Segundo a ministra, a "dimensão mais inovadora" do plano de recuperação e resiliência português (PRR) será "a resposta na área da habitação" e, por isso, destacou a "importância do programa de apoio ao acesso à habitação", com 1.251 milhões de euros "destinados a acabar com a habitação indigna nos próximos anos, encontrando resposta para 26 mil famílias".

Aqui, incluem-se também uma bolsa nacional de alojamento urgente e temporário, "relevante para dar resposta às populações de sem-abrigo", e um programa de apoio à habitação a preços acessíveis e ao alojamento estudantil, sublinhou.

Na dimensão das respostas sociais do PRR, Mariana Vieira da Silva frisou, por um lado, a requalificação das respostas sociais "que já existem" e, por outro lado, a criação de equipas multidisciplinares de intervenção "em todos os concelhos do país", que organizem a resposta "aos públicos mais vulneráveis nas diferentes dimensões da sua vulnerabilidade".

Lusa/DI

PUB
ARRENDAMENTO
Rendas das casas em Lisboa continuam 18% abaixo do Pré-Covid
26 de outubro de 2021
PUB
PUB
PUB