CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
sábado, 11 de julho de 2020
Habitação by century 21
Avaliação bancária subiu para 1 111 euros por metro quadrado em Abril

Avaliação bancária subiu para 1 111 euros por metro quadrado em Abril

28 de maio de 2020

O valor médio de avaliação bancária na habitação foi 1 111 euros em Abril, mais 1 euro que o observado no mês precedente, representando uma subida de 0,1% e um aumento de 9,5% face ao mesmo mês do ano anterior.

De acordo com o INE - Instituto Nacional de Estatística, o número de avaliações bancárias reportado ascendeu a cerca de 22 mil, ligeiramente inferior (-2%) ao reportado no mesmo mês do ano anterior.

O INE indica ainda que no mês em análise, apesar da situação de pandemia, o número de avaliações subjacente aos resultados apresentados diminuiu 12% face a Março e 2% face ao mês homólogo. A nível regional, a maior subida face ao mês anterior registou-se na Região Autónoma dos Açores (3,2%). A descida mais acentuada foi observada no Alentejo (-0,2%).

Em comparação com o mesmo período do ano anterior, o valor mediano das avaliações cresceu 9,5%. A taxa de variação homóloga mais elevada para o conjunto das avaliações verificou-se na Área Metropolitana de Lisboa (11,0%) e a menor no Alentejo (0,0%).

Já o valor médio de avaliação bancária de apartamentos foi 1 210 euros/m2 , aumentando 10,3% relativamente ao mês homólogo. O valor mais elevado foi observado na Área Metropolitana de Lisboa (1 490 euros/m2 ) e o mais baixo no Alentejo (858 euros/m2 ). Comparativamente com o mês anterior, o valor subiu 0,1%, tendo o Centro apresentado a maior subida (2,0%) e a Região Autónoma da Madeira a descida mais acentuada (-0,7%).

Em termos homólogos, a Área Metropolitana de Lisboa apresentou o crescimento mais expressivo (11,9%) e o Algarve o mais baixo (4,7%). O valor mediano da avaliação para apartamentos T2 subiu 1 euro, para 1 235 euros/m2 , tendo os T3 descido 1 euro, para 1 093 euros/m2 . No seu conjunto, estas tipologias representaram 80,7% das avaliações de apartamentos realizadas em Abril.

Quanto ao valor médio da avaliação bancária das moradias foi de 939 euros/m2 em Abril, o que representa uma subida de 6,7% em relação mesmo mês do ano anterior. Os valores mais elevados observaram-se no Algarve (1 602 euros/m2) e na Área Metropolitana de Lisboa (1 462 euros/m2), tendo o Alentejo registado o valor mais baixo (763 euros/m2). Comparativamente com o mês anterior, a Região Autónoma da Madeira apresentou o maior aumento (4,9%), enquanto o Alentejo registou a maior descida (-0,5%).

Em termos homólogos, o Algarve apresentou o maior crescimento (14,8%) e a única descida ocorreu no Alentejo (-7,0%). Comparando com o mês anterior, os valores das moradias T2, T3 e T4, tipologias responsáveis por 58,8% das avaliações, atingiram os 810 euros/m2 , 834 euros/m2 e 929 euros/m2 (mais 7 euros, 13 euros e 36 euros, respectivamente).

PUB
ARRENDAMENTO
Imobiliárias vão promover Programa Renda Segura
10 de julho de 2020
PUB
PUB
PUB