CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
domingo, 21 de Julho de 2019
Arrendamento

Rendas em Lisboa para estudantes aumentaram 8,6% em 2018

28 de Fevereiro de 2019

Lisboa continua a ser a cidade mais procurada pelos estudantes, em 2018, o valor médio da renda de um quarto privado em casa partilhada foi de 377 euros, mais 8,6% do que em 2017.

Segundo a Uniplaces, plataforma online para alojamento de médio a longo prazo, cerca de 81% dos estudantes optaram por arrendar quarto privado em casa partilhada, com 18% a optar pelo arrendamento de uma propriedade completa. A opção de cama em quarto partilhado continua a ser residual (1%).

Os dados divulgados pela plataforma referem-se ao arrendamento a estudantes no ano 2018, nas cidades de Lisboa, Porto e Coimbra. Através da Uniplaces foram reservadas mais de 3,5 milhões de noites – em todas as localizações onde a plataforma disponibiliza ofertas de alojamento, para estudantes de 165 nacionalidades que encontraram o alojamento ideal para a sua experiência de mobilidade, com uma duração média de estadia de cinco meses, o equivalente a um semestre.

Os estudantes internacionais representaram mais de 88% das reservas feitas em Portugal, percentagem que aumentou face ao ano anterior, com as nacionalidades brasileira, italiana e francesa a dominarem as reservas no nosso país.

No Porto, o valor médio de arrendamento de quarto privado em casa partilhada foi de 287 euros, número que se traduz num aumento de 33 euros face ao ano anterior. Continua a ser mais barato estudar a norte do país, pelo que a parcela de estudantes que opta pelo arrendamento de casa completa sobe para 29%, com cerca de 69% dos estudantes a manter a preferência pelo arrendamento de quarto privado em casa partilhada.

Coimbra representa a zona do país onde o alojamento dirigido a estudantes é mais barato. O valor médio para o arrendamento de quarto privado em casa partilhada foi 200 euros em 2018, número que se manteve estável face aos dados do ano anterior. A maioria dos estudantes continuou a optar por esta modalidade de arrendamento (61%), com 39% a optar pelo arrendamento de casa completa.

"Os dados mostram que a Uniplaces é cada vez mais a plataforma de referência para os estudantes que pretendem reservar alojamento para a sua experiência de mobilidade de forma rápida e segura, para além de jovens profissionais e residentes estrangeiros, públicos alvo que têm vindo a aumentar, desde 2018 até à data. O nosso objectivo é conseguir disponibilizar na plataforma um conjunto de ofertas cada vez mais diversificado e acessível a todos aqueles que iniciam um caminho ou projeto internacional.", explica Carla Silva, Head of Communication da Uniplaces.

PUB
ARRENDAMENTO
Lisboa abre candidaturas ao subsídio de arrendamento
16 de Julho de 2019
PUB
PUB