Formação é crucial para o sucesso dos negócios imobiliários

24 de Novembro de 2017

A formação é fundamental em qualquer profissão e para quem trabalha no sector imobiliário é fundamental. As regras, os métodos, a gestão, a estratégia mudam rapidamente e para quem pretende o sucesso nos negócios, é imprescindível estar bem preparado. Isabel Silva Luís, directora do CECOA – Centro de Formação para o Comércio e Afins, admite mesmo que qualquer empresa em qualquer sector para sobreviver num mercado competitivo necessita de actualizar as suas competências.

Qual a importância da formação na actividade dos profissionais que actuam no sector do imobiliário?

Antes de mais, hoje em dia qualquer empresa em qualquer sector de actividade para sobreviver num mercado altamente competitivo e concorrencial necessita de ter profissionais qualificados e de investir regularmente no desenvolvimento e actualização das suas competências. Como tal o sector imobiliário não foge a este desígnio, antes pelo contrário, dado a forte concorrência e constante necessidade de adaptação aos novos formatos de negócio e clientes. Assim a formação profissional dos agentes imobiliários é um pilar dos sistemas operacionais de qualquer empresa imobiliária. Os desafios que hoje se colocam à indústria imobiliária e aos seus profissionais, são a tendência global para a desintermediação dos serviços em geral, a intangibilidade e inseparabilidade dos serviços imobiliários, a inovação, a criação de valor para os seus clientes proprietários e compradores de imóveis. A qualidade de serviço percepcionada por esses clientes depende da relação personalizada que os consultores imobiliários, suportados em outras funções de “staff” existentes nas agências imobiliárias, estabelecem com os seus clientes. Quanto maior a capacitação desses profissionais, maior a sua capacidade para prestar serviços inovadores e de qualidade, que façam a diferença na vida dos seus clientes.

Quais as principais necessidades dos profissionais que operam neste mercado?

Em primeiro lugar é necessário fomentar uma cultura de formação, de aprendizagem ao longo da vida.

Os consultores imobiliários são na sua maioria “micro-empresários” que escolhem uma empresa para exercerem a sua actividade integrando uma equipa, mas que se deparam com desafios individuais de produtividade, necessidades de ”saber fazer” e competências de gestão para gerir a sua “micro–empresa” no dia -a- dia. Neste sentido, são de extrema importância desenvolver quer as competências transversais, também designadas de soft skills, como também competências mais específicas e técnicas: saber utilizar a tecnologia na actividade de promoção de imóveis e na interactividade com o mercado e os seus clientes, capacidade de planear, organizar e gerir a sua actividade, trabalhar em equipa e em parceria e comunicar com eficiência.

Se falarmos em grandes temáticas de destacar a organização e gestão, o marketing (online e offline) e a performance comercial, passando também pelas línguas estrangeiras considerando a crescente procura de estrangeiros no nosso mercado imobiliário.

Existe formação específica para mediadores, investidores, promotores?

Sim, existe. O CECOA retomou no final deste ano formação contínua, específica e de curta duração, para os diferentes profissionais do sector imobiliário e que irá dar continuidade no próximo ano, nomeadamente com temáticas novas. Em termos de formação inicial e académica também existe no mercado do ensino superior licenciatura em Gestão Imobiliária e Cursos Técnicos Superiores Profissionais.

Como tem sido a adesão e quem procura os cursos do CECOA?

A procura tem sido adequada aos objectivos que o CECOA se propôs ao retomar esta oferta formativa, quer ao nível de consultores, mediadores, quer de gerentes, directores de agências imobiliárias. A expectativa é que em 2018 se consolide esta área, nomeadamente com novidades como referido anteriormente, e que a adesão dos profissionais do sector venha a ser cada vez maior pelo valor acrescentado que a formação traz para os profissionais e negócio.

De que forma o mercado imobiliário pode beneficiar com a formação dos seus players?

Pelo aumento e valorização do negócio, através da melhoria da performance e produtividade dos seus profissionais, pela criação de mais valor para os clientes proprietários e compradores de imóveis, pela atracção de talentos oriundos de outros sectores da actividade económica, assim como pela credibilização e afirmação das profissões imobiliárias.