CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
sábado, 16 de janeiro de 2021
Entrevistas
Estabilidade é fundamental para a recuperação do mercado imobiliário

Estabilidade é fundamental para a recuperação do mercado imobiliário

11 de setembro de 2020

Rentrée 2020: José Cardoso Botelho, CEO da Vanguard Properties alerta que a estabilidade é fundamental para a recuperação do mercado imobiliário, seja fiscal ou o programa dos Vistos Gold.

A Vanguard Properties é neste momento a maior promotora imobiliária em Portugal. Com vários projectos de grandes dimensões no país, entre eles, as Terras da Comporta.

Num ano atípico o que podemos esperar do mercado imobiliário na Rentrée?

A Vanguard Properties desenvolve produtos para os segmentos luxo e premium que vende exclusivamente em planta.

Em Abril voltou a haver procura nacional e internacional que, desde então, não parou de crescer. A reabertura de algumas rotas, vai ter um impacto muito importante nas operações do Algarve que já se reflecte no número de visitas, na casa das dezenas, que já temos agendadas para os meses de Setembro e Outubro.

A procura por Portugal, especialmente Lisboa, Comporta e Algarve mantém-se elevada. Por haver pouco produto de qualidade disponível, prevemos que a recuperação continue a evoluir de forma positiva.

Quais os desafios que o sector tem pela frente?

Os principais desafios identificados antes da pandemia mantêm-se:

Carga fiscal excessiva sobre o produto imobiliário, especialmente no caso da construção nova; demora no licenciamento; pouca oferta de terrenos; escassez de empreiteiros; e, mais recentemente, aumento da restrição na concessão de crédito.

A estes, devem-se ainda acrescentar as dúvidas que pairam sobre o futuro dos programas de atração de investimento, nomeadamente o Golden Visa. No nosso caso, o simples anúncio do cancelamento do programa nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto provocou o cancelamento de mais de vinte reservas.

É importante que os responsáveis entendam que, neste sector, a estabilidade é um valor essencial.

Quais as previsões para o mercado até ao final do ano?

Se a pandemia se mantiver controlada, com uma razoável actividade aeroportuária, acreditamos que a recuperação do mercado nacional, nos segmentos de luxo e premium, continue a registar uma evolução positiva. Não só antevemos uma procura elevada por parte dos portugueses, mas também o reforço da procura por parte de países asiáticos, Brasil, África do Sul e, mais recentemente, México e EUA. No Algarve, a procura por parte do Reino Unido tenderá a aumentar.

Portugal, continua a ser um mercado muito apelativo, com excelente qualidade de vida e preços médios muito inferiores a outros mercados europeus. Por isso, acreditamos que as perspectivas são claramente positivas para quem, como nós, desenvolve produtos diferenciados e de elevada qualidade.

PUB
TURISMO
Receitas do turismo com quebras de 80% em Novembro
15 de janeiro de 2021
ARRENDAMENTO
Candidaturas ao apoio às rendas arrancam em 4 de Fevereiro
15 de janeiro de 2021
PUB
PUB
INTERNACIONAL
Espanha: aeroportos tiveram quebra média de 72,4% em número de passageiros
14 de janeiro de 2021
PUB