Criar casas que sejam um oásis para quem lá vive

14 de Agosto de 2018

Já investiu 200 milhões de euros em valor de ativos em Portugal e pretende até ao final deste ano, investir mais 100 milhões de euros. Acabou de chegar ao nosso país, depois de três anos de atividade no mercado espanhol, a Kronos Homes quer conquistar a Península Ibérica. Saïd Hejal, fundador e sócio gerente da Kronos Homes, em entrevista ao Diário Imobiliário, revela que a escolha de Portugal deve-se ao facto de acreditar que o país e o mercado imobiliário “reúnem as condições necessárias para o sucesso da nossa operação”.

O responsável admite que trazem “ uma visão muito diferente da atividade imobiliária, porque conjugamos arquitetura e design em todos os nossos projetos. Trabalhamos com os melhores arquitetos, para que cada projeto seja inovador, autêntico e fuja do convencional”. O fundador e sócio gerente da Kronos Homes explica que a decisão de entrar em Portugal foi estratégica e, por isso, muito ponderada. “Acreditamos que existe no mercado português a necessidade de desenvolver projetos residenciais de raiz com uma forte aposta na arquitetura e design e na qualidade dos mesmos, criando uma pegada sustentável em que a paisagem urbana se integra perfeitamente no ambiente das cidades onde se encontram”, salienta.

A Kronos Homes está focada no desenvolvimento de projetos de residência principal e segunda residência,que reflitam os valores da empresa: design, natureza, ar puro e tranquilidade. “O nosso lema é #PUREDESIGN porque responde à nossa necessidade de criar casas que sejam um oásis para quem lá vive”, salienta. O primeiro projeto da promotora em Portugal será em Palmares, no Algarve. Trata-se de um empreendimento turístico premium, enquadrado na área de segunda residência da Kronos Homes. A primeira fase do projeto será lançada no final deste ano. Destina-se sobretudo a clientes portugueses e internacionais, vindos do Reino Unido, Bélgica, Luxemburgo e Países Baixos. Também até ao final deste ano, a marca prevê apostar em mais dois projetos em Portugal, localizados no Algarve.

Casas para os portugueses

A média do valor das casas Kronos Homes ronda os 300.000 euros mas têm casas entre os 180.000 euros e os dois milhões de euros. “Queremos oferecer projetos premium,o que não significa serem inacessíveis. Queremos fazer casas para os portugueses e não apenas para investidores estrangeiros”, esclarece.

Além do Algarve há outras regiões que interessam à Krono Homes: Lisboa e Porto. O projeto em Palmares,no Algarve, à semelhança dos projetos que têm vindo a desenvolver em Espanha, obedecerá ao claim #PUREDESIGN. “Queremos fazer algo que fuja do convencional. Depois, até ao final deste ano, a Kronos Homes prevê iniciar a comercialização de mais dois projetos em Portugal, localizados no Algarve: os resorts Belmar e Amendoeira. Simultaneamente, estaremos atentos a novas oportunidades”, recorda.

Mercado português é semelhante ao espanhol

Saïd Hejal, adianta ainda que o que se está a passar no setor imobiliário em Portugal é semelhante ao que se vive em Espanha. “Sem dúvida que o setor está a viver uma forte recuperação depois da crise financeira. A procura tem aumentado e a oferta tem estado condicionada pela escassez de imóveis disponíveis, o que tem contribuído para um aumento dos preços”,refere. O responsável admite que este dinamismo é sinal de que o mercado atravessa um bom momento. “A crise que se viveu há muito pouco tempo ensinou lições ao mercado, operadores e reguladores, pelo que não acreditamos que cheguemos ao ponto de uma ‘bolha imobiliária’. E no final do dia, todos precisamos de espaços para viver, trabalhar, e gostaríamos de ter espaços para passar o tempo livre. É isso que está a alimentar o mercado”, conclui.

*Artigo publicado no Jornal Económico no caderno do Diário Imobiliário - Texto escrito com novo acordo ortográfico