CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quinta-feira, 25 de Abril de 2019
Arquitectura
 ©Philippe Ruault  ©Philippe Ruault

Três edifícios de habitação social vencem Mies van der Rohe 2019

10 de Abril de 2019

O projecto de transformação de 530 apartamentos de três edifícios de habitação social, o Grand Parc Bordeaux, em Bordéus, França, pelos arquitectos Lacaton & Vassal; Frédéric Druot Architecture e Christophe Hutin Architecture foi o grande vencedor do Prémio Mies van der Rohe 2019.

O anúncio foi feito hoje numa conferência de imprensa realizada em Bruxelas, onde a Comissão Europeia e a Fundação Mies van der Rohe revelaram os vencedores do Prémio da União Europeia para a Arquitectura Contemporânea - Prémio Mies van der Rohe de 2019.

O projecto consiste na transformação de 3 edifícios de habitação social de 530 apartamentos. Construído no início dos anos 60, precisavam de uma renovação após a sua demolição ter sido colocada de parte. A solução passou pela transformação das habitações ocupadas, parte do interior, para lhes dar novas valências, com mais espaço, mais luz, mais vista e melhoramento das instalações.

O prémio Emerging Architecture 2019 foi atribuído ao estúdio BAST de Toulouse para o Refeitório Escolar em Montbrun-Bocage, Haute-Garonne, perto dos Pirenéus franceses.

PUB
ARRENDAMENTO
Palácio de Buckingham rende mais de 1 M€ por dia no Airbnb
3 de Abril de 2019
PUB
PUB
PUB