Morreu Luís Vassalo Rosa, um dos visionários do Parque das Nações

08 de Junho de 2018

O arquitecto Luís Vassalo Rosa, um dos responsáveis pelo planeamento e gestão urbanística da Parque Expo, faleceu ontem, quinta-feira, em Lisboa, noticia a Ordem dos Arquitetos, onde ocupou o cargo de provedor.

Nascido em 1935, Luís Vassalo Rosa, arquitecto e urbanista, foi um dos responsáveis pelo plano de urbanização, coordenação e gestão urbanística da zona de intervenção para receber o evento Expo 98, faz este ano duas décadas.

De acordo com a Ordem, o arquitecto de 83 anos foi, até agora, Provedor da Arquitectura naquela entidade, cargo que ocupou desde Dezembro de 2011, por deliberação unânime do Conselho Directivo Nacional.

Luís Vassalo Rosa licenciou-se pela Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa, em 1958, com especialização em Planeamento Urbanístico na Universidade de Sussex e estágios em Espanha, França, Reino Unido, Alemanha e Estados Unidos da América, desenvolveu actividade docente universitária como professor convidado em cursos de pós-graduação em Planeamento Urbanístico e Projecto de Áreas Habitacionais na Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa e no Instituto Superior Técnico.

Fez parte dos órgãos dirigentes de organizações profissionais, como o Sindicato Nacional dos Arquitectos e da Associação dos Urbanistas Portugueses, da qual foi sócio fundador.

Foi chefe da divisão de Planeamento Urbanístico e Edifícios do Fundo do Fomento da Habitação/Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações (MOPTC), e responsável pelo Plano Integrado de Almada - Monte da Caparica.

Foi ainda cocautor de projectos de habitação, administração e serviços, equipamentos colectivos, equipamentos turísticos e equipamentos industriais, publicações, estudos e comunicações.

Recebeu o Prémio Valmor em 1975, enquanto coautor da Igreja do Sagrado Coração de Jesus, em Lisboa, e obteve o Primeiro Prémio nos Concursos para a Nova Sé Catedral de Bragança, Novos Tribunais de Monsanto e Recuperação do Palácio do Alvito de Lisboa.

Foi assessor do secretário de Estado da Habitação e vogal da Comissão Administrativa da Câmara Municipal de Lisboa, após o 25 de Abril, e condecorado com as insígnias de Grande Oficial da Ordem de Mérito.

O funeral de Luís Vassalo Rosa realiza-se no domingo, com missa, às 10:00, na Igreja do Santo Condestável, em Lisboa, de acordo com a Ordem dos Arquitetos.

Lusa/DI