CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
domingo, 28 de fevereiro de 2021
Fotografia com Arte
Forte Ponta Bandeira em Lagos - Algarve - Fotografia de Jorge Maio 01 - LAGOS - Forte-Ponta-Bandeira-Fotografia JORGE MAIO 02 - LAGOS - Mercado-escravos - Fotografia JORGE MAIO 03 - LAGOS - Frontão Armazém Regimental - Fotografia JORGE MAIO 04 - LAGOS - Capela Forte  Lagos antigo Morabito - Fotografia JORGE MAIO 05 - LAGOS - torres albarrãs Porta S Goncalo - Fotografia JORGE MAIO LAGOS - Dona-Ana - Fotografia JORGE MAIO Forte Ponta Bandeira em Lagos - Algarve - Fotografia de Jorge Maio

FOTOGRAFIA com ARTE: Lagos

7 de janeiro de 2019

Inicialmente Lagos foi ocupada por fenícios e cartagineses. Lacóbriga, foi a denominação da cidade no período romano No século III a.C. já estaria ocupado por exércitos e colonos romanos.

Da ocupação islâmica resta a Capela-mor octogonal da Ermida de S. João Baptista como morabito Islâmico, construído em 1174.

A construção da cerca medieval, ou sua reedificação, terá sido iniciada no reinado de D. Dinis.

Após a conquista de Ceuta, foi a principal base de apoio às operações militares em Marrocos, de captura de escravos na costa de África e de viagens de exploração no Atlântico.

Em meados do século XVI, Lagos era a grande base de apoio aos Descobrimentos, o local de onde partiam as suas principais expedições e onde chegavam muitos dos produtos comercializados.

As muralhas foram construídas para defender a cidade das ameaças exteriores, corsários ingleses, como o Duque de Essex e Francis Drake, e holandeses, que levam a cabo importantes operações militares contra o Algarve.

A muralha de Lagos é uma importante fortificação da arquitectura militar do Renascimento, a maior cintura de muralhas do Algarve.

No seguimento do terramoto, o governador abandona a cidade e Lagos deixa de ser a capital do Algarve.

A partir de meados do século XIX dá-se o ressurgimento de Lagos, impulsionado pela instalação na cidade de muitas indústrias ligadas à salga e conserva de pescado.

Em 1924 as muralhas são classificadas como Monumento Nacional.

Texto e Fotografias: Jorge Maio

PUB
TURISMO
Proença-a-Nova reabilita Praia Fluvial da Aldeia Ruiva
26 de fevereiro de 2021
ARRENDAMENTO
Aprovada proposta que permite ao fisco ceder dados para validação do Apoiar Rendas
26 de fevereiro de 2021
PUB
PUB
INTERNACIONAL
FIFA world Cup Qatar 2022: construção de 7 estádios já levou à morte de mais de 6.500 trabalhadores migrantes
24 de fevereiro de 2021
PUB