FOTOGRAFIA com ARTE: Capela do Paço da Bemposta

24 de Abril de 2017

O Paço da Bemposta, actual Academia Militar em Lisboa, foi mandado edificar, no início do século XVIII, por D. Catarina, Rainha de Inglaterra, mulher de Carlos II e filha do monarca português D. João IV. Na verdade, a rainha-viúva havia regressado a Portugal em 1693, alguns anos depois da morte do marido, tendo residido em vários palácios de nobres da corte, como o palácio do Conde de Redondo, em Santa Marta, ou o palácio do Conde de Aveiras, em Belém.

Desejando, porém, ter residência própria, D. Catarina adquiriu em 1701 as propriedades do sítio da Bemposta, já fora dos limites da capital na época, e contratou o arquitecto João Antunes para executar a traça do palácio e da respectiva capela, dedicada a Nossa Senhora da Conceição.

Depois da morte da rainha, em 1705, o paço foi transferido para a posse da Coroa, por vontade expressa da proprietária, e no reinado de D. João V, o monarca integrou-o na Casa do Infantado.

O terramoto de 1755 danificou profundamente a estrutura do paço seiscentista e capela, na realidade, acabou por ser construída de raiz, embora mantivesse o enquadramento primitivo, sendo considerada a obra "mais equilibrada e mais feliz" daquele que é considerado o último arquitecto barroco.

 Texto e Fotografias: Jorge Maio