Faro atribui Prémio de Arquitectura e Arquitectura Paisagista

09 de Outubro de 2017

Após alguns anos de interregno – também ele fruto da crise – a Câmara Municipal de Faro retoma uma iniciativa de mérito: a atribuição do Prémio Municipal de Arquitectura e Arquitectura Paisagista 2017.

Após  a recepção de inúmeras candidaturas que estiveram abertas até ao passado dia 31 de Março, o município procedeu a “criteriosa e exaustiva avaliação, culminando com a decisão dos júris, que distinguiram as seguintes intervenções:

 

•       Secção “Recuperação/reabilitação”

1º Prémio: proposta identificada como Reabilitação de Edificação na Vila Adentro, localizado na Rua Rasquinho, n.º 19, em Faro, da autoria dos arquitectos Miguel Reimão Costa e Jennifer Silva Pereira.

Menção honrosa: proposta identificada como Reabilitação, Conservação e Alteração de Edifício, localizado na Rua Serpa Pinto, n.ºs 27, 29, 31, 33 e 39, e Rua Batista Pinto, n.ºs 25 e 26, em Faro, da autoria do Arquitecto Emanuel José Pereira Aniceto;

 

•       Secção “Espaços exteriores”

Menção honrosa: projecto identificado como Parque Ribeirinho de Faro, da autoria da Arquiteta Isabel Vaz Serra e do Arquiteto Paisagista Miguel Marques Pereira.

 

O prémio, para além do reconhecimento público do Município, identificando cada obra premiada com a placa indicativa de atribuição do galardão, atribui o valor de 1.500,00€ (mil e quinhentos euros) em cada secção.

A exposição referente às obras premiadas e a cerimónia de entrega dos respectivos prémios será anunciada em breve pela autarquia.