CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quinta-feira, 25 de Abril de 2019
Arquitectura
DBOX_Foster Partners_The_Tulip_Aerial1 DBOX_Foster Partners_The_Tulip_Aerial1

Controversa Tulip Tower de Norman Foster aprovada em Londres

2 de Abril de 2019

A Tulip Tower, um arranha-céu de design controverso projectado pela Foster + Partners para o centro de Londres, foi hoje aprovada pelo comité de planeamento da capital britânica. Será o edifício mais alto de Londres.

Este projecto tem sido alvo de polémica nas 'terras de sua majestade', tendo sido aprovado pelos vereadores que votaram por 18 votos a sete a favor da atracção turística de 305 metros de altura na 20 Bury Street, na Square Mile de Londres.

As propostas têm sido fortemente contestadas pela Historic England e Historic Royal Palaces. Ambos se opuseram ao seu impacto nas vistas da Torre de Londres, bem como à Greater London Authority, que revelou "preocupações significativas" sobre o projecto.

No entanto, as autoridades inglesas foram convencidas pela proposta de instalação de uma escola no complexo da Tulip Tower, uma instituição educacional que seria operada pelos próprios proprietários do edifício, o Grupo J. Safra. Isso porque a escola ofereceria mais de 20.000 novas vagas gratuitas para as crianças da rede pública de ensino da capital, além de “impressionantes vistas para o centro de Londres a mais de 300 metros acima do nível do chão”.

O edifício será a nova atração para o centro de Londres e irá contará com um novo pavilhão de acesso de dois pavimentos para complementar a área térrea existente do The Gherkin. Além disso, o complexo Gherkin-Tulip exibirá um novo terraço público e áreas comerciais e um total de 284 luagres para estacionamento de bicicletas. Um novo Pocket Parkserá criado ao lado do pavilhão, aumentando em mais de oito vezes a área verde do terreno, obviamente com a ajuda de dois jardins verticais.

Os decks de observação irão oferecer aos visitantes uma experiência única: pontes suspensas, escorregas transparentes e passeios de gôndola pela fachada do edifício. Na cobertura os visitantes encontrarão diversos bares e restaurantes com impressionantes vistas 360 graus. Materiais interactivos e guias especializados sobre a história da cidade Londres serão publicamente distribuídos para todos os visitantes.

A torre irá ser o edifício mais alto da cidade, superando a proposta de 1 Undershaft de Eric Parry.  A construção deve iniciar em 2020, com conclusão prevista para 2025.

PUB
ARRENDAMENTO
Palácio de Buckingham rende mais de 1 M€ por dia no Airbnb
3 de Abril de 2019
PUB
PUB
PUB