CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quarta-feira, 12 de agosto de 2020
Arquitectura
Foto de Wikipedia Amdavad Ni Gufa - Foto cortesia VSF Instituto Indiano de Gestão - Bangalore - India - Foto cortesia VSF Instituto Indiano de Gestão - Bangalore - India - 01 - Foto cortesia VSF Sangath Architects Studio - Foto cortesia  VSF Institute of Indology - Imagem VSF) Balkrishna Doshi com Le Corbusier - Foto cortesia VSF Foto de Wikipedia

Balkrishna Doshi arquitecto e pedagogo indiano é o Pritzker 2018

7 de março de 2018

Nasceu em 1927 e com 20 anos de idade, o galardoado Prémio Pritzker 2018 – considerado a nível mundial o Nobel da Arquitectura – começou a estudar arquitectura, curiosamente no mesmo ano em que o seu país ascendeu à independência do império britânico. O arquitecto e pedagogo indiano tem hoje 90.

Ainda muito jovem trabalhou e conviveu com dois dos grandes modernistas do século 20: Le Corbusier e Louis Kahn.

No percurso de um longo trajecto profissional, o arquitecto indiano construiu mais de uma centena de edifícios erigidos com base em materiais locais e que têm em conta e respeitam as mudanças sociais e o meio ambiente.

Na comunicação em que anuncia o novo galardoado, o júri do Prémio Pritzker – constituído por nomes de grande prestígio (Glenn Murcutt, Stephen Breyer, André Aranha Corrêa do Lago, The Lord Palumbo, Richard Rogers, Sejima Kazuyo, Benedetta Tagliabue, Ratan N. Tata, Wang Shu e Martha Thorne) – refere:

“O arquitecto indiano Balkrishna Doshi tem continuamente apresentado na sua obra os objectivos do Prémio Pritzker de Arquitetura ao mais alto grau. Tem praticado a arte da arquitectura, mostrando contribuições substanciais para a humanidade, há mais de 60 anos. Ao conceder-lhe a medalha deste ano, o júri do Prêmio Pritzker reconhece sua arquitectura excepcional, reflectida em mais de uma centena de edifícios que realizou, o seu compromisso e a sua dedicação ao país e às comunidades que serviu, a sua influência como professor e o excelente exemplo que estabeleceu para profissionais e estudantes de todo o mundo ao longo de sua longa carreira”. (…)

Balkrishna Doshi é o primeiro arquitecto do seu país a receber a maior distinção mundial da Arquitectura. Recorde-se que nesse restricto «quadro de honra» figuram dois portugueses: Álvaro Siza Vieira (1992) e Eduardo Souto de Moura (2011).

PUB
TURISMO
Joya Del Casco: O botique Guesthouse que está a fazer sucesso em Sevilha e fala português
12 de agosto de 2020
PUB
ARRENDAMENTO
Rendas baixam em 25% dos imóveis que surgem para arrendamento
27 de julho de 2020
PUB
PUB
INTERNACIONAL
França estima impacto no turismo em cerca de 40.000 milhões de euros
10 de agosto de 2020
PUB