CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
domingo, 24 de janeiro de 2021
Arquitectura
Arquitecto Michael Morris diz-nos como vai ser habitar em Marte Habitar Marte - projecto de Mars Incubator vencedor do 3D-Printed Habitat Challenge da NASA.png Habitar Marte - projecto de zopherus vencedor do 3D-Printed Habitat Challenge da NASA.png Arquitecto Michael Morris diz-nos como vai ser habitar em Marte

Arquitecto Michael Morris diz-nos como vai ser habitar em Marte

26 de abril de 2019

O arquitecto e investigador Michael Morris, colaborador da NASA, vai dar uma conferência em Lisboa, a 6 de Maio, sobre um projecto de construção de casas em Marte, no âmbito da programação da Trienal de Arquitectura de Lisboa.

Esta 8.ª conferência irá encerrar a programação do terceiro ciclo de conferências "Distância Crítica" coproduzidas pela Trienal de Arquitectura de Lisboa e pelo Centro Cultural de Belém (CCB).

Michael Morris, arquitecto, investigador e especialista em design ambiental, colabora, desde os anos 2000, com a Divisão de Habitabilidade Humana e Centro de Pesquisa Langley da NASA, nos EUA.

O seu trabalho prende-se com o desenvolvimento, investigação e produção de projectos inovadores centrados no ser humano em ambientes espaciais, além da Terra, com o objectivo de construir e habitar em condições extremas no espaço.

Pela primeira vez em Portugal, Michael Morris irá proferir a conferência “5 Casas para Marte”, no dia 6 de Maio, no grande auditório do Centro Cultural de Belém.

Na conferência, segundo a Trienal, falará sobre a investigação sobre materiais encontrados na atmosfera do planeta vermelho e as tecnologias adoptadas, como polietileno, ´regolith´ (cimento de Marte) e gelo.

Conhecimento e experiência incomparáveis

O especialista lidera uma equipa que trabalha na projecção, extracção, produção e impressão robótica de casas, antecipando a chegada do ser humano àquele planeta.

Um dos protótipos valeu, há dias, ao grupo que Morris lidera, o primeiro lugar na competição que a NASA abriu para projectos de casas ideais para viver em Marte.

Nascido no Reino Unido, Morris é arquitecto, professor e cofundador do SEArch+ (Arquitectura de Exploração Espacial) e do estúdio Morris Sato, que fundou com Yoshiko Sato.

É formado em design ambiental, pela Escola de Design Parsons, e em arquitectura, pela The Cooper Union.

Após a morte da sua parceira Yoshiko Sato, em 2012, assumiu a liderança do programa intitulado “Arquitectura Espacial” na Universidade de Columbia.

Após a conferência, irá decorrer uma conversa crítica, com a moderação do arquitecto e investigador norte-americano Ed Keller, director do Centro de Media Transformativa da Parsons, cuja missão é promover a interdisciplinaridade de projectos inovadores, assentes no design, na tecnologia, nas artes e nas ciências sociais.

Lusa/DI

PUB
TURISMO
Portugal interrompe voos de e para o Reino Unido
22 de janeiro de 2021
ARRENDAMENTO
Preços das rendas descem em Lisboa para os níveis de 2017
22 de janeiro de 2021
PUB
PUB
INTERNACIONAL
Bancos da zona euro restringiram concessão de crédito no 4.º trimestre - BCE
19 de janeiro de 2021
PUB