CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quinta-feira, 15 de abril de 2021
Sustentabilidade
Coimbra aprova execução da Linha do Hospital do ‘metrobus’

Coimbra aprova execução da Linha do Hospital do ‘metrobus’

23 de fevereiro de 2021

O município de Coimbra aprovou ontem o projecto de execução da Linha do Hospital, que vai ligar em 'metrobus' (autocarros eléctricos) a baixa ao complexo de saúde da cidade, no âmbito do Sistema de Mobilidade do Mondego (SMM).

Manuel Machado, presidente da autarquia (PS) destacou o facto de ter sido possível projectar o 'metrobus' a atravessar o coração da cidade "respeitando o património mundial e as suas classificações, com todas estas condicionantes que tiveram algumas dificuldades em serem resolvidas".

"Hoje, damos um passo importante para concretizar o 'metrobus', também conhecido por metro Mondego, em estruturas de circulação compagináveis com os movimentos pendulares que foram estudados", disse.

Para o autarca, a decisão "é um passo notável para a concretização do Metro Mondego".

O projecto de execução foi aprovado por maioria, com os votos contra dos dois vereadores do movimento Somos Coimbra, que apontou deficiências ao projecto, e da abstenção do vereador único da CDU.

 

Troços já em execução e a concurso

O SMM "consiste na implementação de um 'metrobus', utilizando veículos elétricos a baterias que irão operar no antigo ramal ferroviário da Lousã e na área urbana de Coimbra", ligando esta cidade a Serpins, no concelho da Lousã, com passagem em Miranda do Corvo, numa extensão de 42 quilómetros.

Das quatro empreitadas que integram o projecto do SMM, está em curso a obra do troço entre Serpins, na Lousã, e o Alto de São João, em Coimbra, e a abertura da Via Central, no espaço urbano da baixa da cidade.

Decorre também o concurso da empreitada do troço Alto de São João - Portagem (Coimbra).

A Linha do Hospital faz ligação directa da Baixa da cidade e da Linha da Lousã aos Hospitais da Universidade de Coimbra, Instituto Português de Oncologia e Hospital Pediátrico.

A Comissão Europeia aprovou a contribuição financeira de 60 milhões de euros que estava prevista para fazer avançar o SMM, anunciou no dia 15 de Janeiro o Governo.

A comparticipação da União Europeia é concretizada através do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR).

Os concursos das empreitadas dos restantes troços (Portagem - Coimbra B e Linha do Hospital) serão lançados durante 2021", adiantou também, em Janeiro, o gabinete do ministro Pedro Nuno Santos.

Lusa/DI

PUB
TURISMO
Portugal oferece aos investidores do sector hoteleiro oportunidades pós-Covid — diz a “HospitalityInsights”
14 de abril de 2021
ARRENDAMENTO
Nova fase de consultas públicas do programa “Matosinhos: Casa Acessível”
13 de abril de 2021
PUB
PUB
INTERNACIONAL
Casa Judy Garland - Minnelli à venda na Praia de Malibu
9 de abril de 2021
PUB