CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quarta-feira, 23 de outubro de 2019
Reabilitação

Melom e Querido facturam 10 milhões em cinco meses

27 de junho de 2017

A 1ª rede de obras em Portugal cresceu 67% entre Janeiro e Maio deste ano, relativos a 981 trabalhos efetivos. O valor médio por obra adjudicada é de 11.539 euros. Neste momento, o ano de 2017 está a registar níveis de facturação e adjudicações recorde, com um volume de negócios a atingir os 9.973.425 euros.

Segundo comunicado da rede, no mês Maio, foram batidos todos os números desde a sua criação, quer em facturação - 2.385.702 euros, em número de adjudicações - 252 ou em pedidos de orçamentos - 1.029. 

Entre Janeiro e Maio de 2017, abriram 28 novas unidades operacionais (sete da Melom e 21 da Querido), que resultaram na criação de 105 novos postos de trabalho especializado. Actualmente, as duas insígnias têm 170 unidades de negócio activas em Portugal.

Lisboa, Porto, Setúbal, Faro e Coimbra são as áreas geográficas que lideram a procura nas obras residenciais, mantendo-se em 28% dos casos, a remodelação geral como a principal obra realizada, seguida de remodelações parciais em casas de banho e cozinhas.

Para João Carvalho, Diretor-Geral da Melom, o sucesso da rede explica-se porque "os portugueses são muito exigentes e encontram na nossa rede o profissionalismo que procuram. Enquanto líderes de mercado temos a obrigação de nivelar o serviço e não defraudar expectativas". João Carvalho adianta ainda "o último mês de Maio foi o melhor de sempre da nossa rede, tendo adjudicado, em apenas um mês, 252 obras. Em Maio, renovamos também o título de empresa com melhor reputação, por isso, só podemos agradecer a confiança depositada e continuar a trabalhar para nos superarmos mês após mês".

PUB
ARRENDAMENTO
20 milhões de euros para construir 500 casas de renda acessível em Gaia
22 de outubro de 2019
PUB
PUB
PUB