CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quarta-feira, 8 de julho de 2020
Reabilitação
Eis os vencedores do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana Centro Corporativo da Santa Casa da Misericórdia do Porto AgroTurismo de Melgaço Estufas Tropicais do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra Rua Rodrigo da Fonseca 45-49 em Lisboa Edificio 8 Building - em Lisboa Eis os vencedores do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana

Eis os vencedores do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana

30 de março de 2017

Os projectos vencedores da 5.ª edição do Prémio Nacional de Reabilitação Urbana (PNRU) localizam-se em Lisboa, Porto, Coimbra, Melgaço, Évora e Lagoa (Algarve), anunciou ontem à noite a organização, numa cerimónia que decorreu na capital, no antigo Museu dos Coches.

Na cidade de Lisboa ficou o galardão de melhor intervenção de uso residencial, para o edifício da rua Rodrigo da Fonseca nos números 45-49, assim como o de melhor intervenção na capital - atribuído por a cidade ser anfitriã do prémio PNRU -, para o projeto 8 Building.

A distinção de melhor intervenção de uso comercial e serviços foi para o projecto do Centro Corporativo da Santa Casa da Misericórdia do Porto, a de melhor intervenção de uso turístico foi atribuída ao projecto Agroturismo, em Melgaço, e a de melhor intervenção com impacto social foi para as Estufas Tropicais do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra.

Através de menções honrosas, a organização distinguiu a recuperação das instalações da Sociedade Cerâmica Antiga de Coimbra e o projecto Sotheby’s International Realty, na vila de Carvoeiro (Lagoa), por considerar as melhores intervenções com menos de mil metros quadrados.

A quinta edição do PNRU destacou ainda, com menções honrosas, o projecto Edifício Padaria, no Porto, como a melhor solução de eficiência energética, e a recuperação do Convento e Igreja de S. Francisco e Novo Núcleo Museológico, em Évora, como a melhor intervenção de restauro.

Este ano, o PNRU recebeu “um número recorde de projectos a concurso, tendo sido validadas 81 candidaturas oriundas de 22 concelhos de Portugal continental e das regiões autónomas”. Os vencedores foram eleitos por um júri independente, composto por João Duque, Nuno Valentim, João Pedro Falcão de Campos, Manuel Reis Campos e João Appleton.

PUB
TURISMO
Portugal entre as sete melhores viagens rodoviárias do mundo
8 de julho de 2020
PUB
ARRENDAMENTO
Finanças quer ver minuta de contrato antes de isentar rendas acessíveis de IRS/IRC
8 de julho de 2020
PUB
PUB
INTERNACIONAL
Investimento imobiliário multifamily europeu deve ultrapassar os 22 mil milhões de euros
7 de julho de 2020
PUB