CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
sexta-feira, 23 de Agosto de 2019
Actualidade

‘One stop advisor’: O novo conceito do mercado imobiliário

6 de Outubro de 2017

Os investidores que não podem perder tempo com burocracias, licenciamentos, projectos de arquitectura, obras e comercialização, optam por uma empresa que lhe faça tudo. É o caso do JPS Group, qua além de promotor, criou recentemente a JPS Real Estate Investments e que tem o objectivo de se distinguir no sector imobiliário pelo seu posicionamento ‘one stop advisor’.

Cada vez mais chegam investidores a Portugal que pretendem investir em imobiliário, contudo não pretendem perder tempo em burocracias, licenciamentos, questões jurídicas, projetos de arquitetura e com obras. O que desejam é investir e saber que rentabilidade vão ter com o investimento realizado. É por isso, que cada vez mais contratam empresas que podem fornecer todos esses serviços e terem um produto ‘chave-na-mão’.

As consultoras imobiliárias já fazem esse papel, agora um promotor, português que pode dar todo esse apoio e até ser parceiro, é algo que ainda está a dar os primeiros passos. 

O projecto da JPS Real Estate Investments procura focar-se na integração e transversalidade de serviços e na estruturação e prossecução das estratégias imobiliárias mais adequadas a cada caso. Segundo João Sousa, CEO do JPS Group, “é, sem dúvida, uma área de negócio que está por explorar no nosso país”.

O responsável, assegura que o grupo vem desta forma preencher uma lacuna que tem vindo a aumentar de dia para dia, como consequência natural deste boom no mercado imobiliário. “Boom esse para o qual as empresas e o próprio mercado não estavam preparados”, admite.

João Sousa explica que com o número crescente de investidores estrangeiros em Portugal, tem-se assistido a uma compra descomedida de imóveis, cujos projetos ficam por desenvolver, muitas vezes por falta de apoio, não só financeiro como técnico. “Um investidor que chegue a Lisboa e adquira um imóvel, vê-se posteriormente obrigado a associar-se um gabinete de arquitetura, uma empresa de marketing, realizar parcerias com mediadoras, e por aí fora até à fase do ‘chave-na-mão’. E tudo isto tem custos muito antes do projeto estar apto para ser colocado no mercado”, refere.

O que a JPS Real Estate Investments pretende fazer é ser o parceiro por excelência. Associa-se ao investidor, monta todo o processo e leva-o ao sucesso. Para tal, coloca à disposição um conjunto extenso de serviços através dos seus departamentos: Financeiro; Real Estate Investments – Research & Consultoria; Estudos Prévios – Arquitetura e Engenharia; Comunicação e Marketing; e Comercial.

Ainda existe muito para desenvolver, quer no centro de Lisboa quer na periferia

Esta necessidade do mercado acontece numa altura em que ainda existe muito para desenvolver, quer no centro de Lisboa, quer na periferia e mesmo noutras zonas do país. Mas falando especificamente de Lisboa, onde o boom do mercado imobiliário é mais notável, existem muitos prédios que foram adquiridos por investidores estrangeiros e que se encontram parados. “Mais uma vez, acredito que a falta de apoio técnico e mesmo financeiro para desenvolver estes projectos, sobretudo os mais ambiciosos, sejam os principais factores.

A carência de oferta no mercado continua a inflacionar os valores por metro quadrado e existe uma necessidade crescente de diversidade de produtos, quer no produto em si, como nos valores e clientes a que se destina”, assegura o responsável.  

João Sousa explica que os projectos que pretendem abraçar podem ser pequenos, médios ou grandes e ir desde a área residencial à comercial, desde que a ideia tenha potencial e responda a uma necessidade real.

"O objectivo da JPS Real Estate Investments é, acima de tudo, criar e desenvolver projectos com um grande potencial, que signifiquem uma mais-valia para o mercado imobiliário e marquem a diferença. Não queremos somente projectos que representem m2 de construção. A ideia é desenvolver ideias com qualidade, que sejam amigas do ambiente e que venham a acrescentar algo ao mercado. É muito importante que reúnam todas as características que tornam um projecto intemporal", conclui.

Notícias relacionadas:

http://www.diarioimobiliario.pt/Entrevistas/Portugal-esta-definitivamente-na-Moda

http://www.diarioimobiliario.pt/Habitacao/SkyCity-O-projecto-que-vai-conquistar-Lisboa

http://www.diarioimobiliario.pt/Entrevistas/Crowdfunding-chega-ao-mercado-imobiliario

http://www.diarioimobiliario.pt/Habitacao/Lancamento-do-SkyCity-atrai-famosos

PUB
ARRENDAMENTO
Matosinhoshabit ajuda 600 famílias num ano
22 de Agosto de 2019
PUB
PUB
PUB