José Mota Freitas: Morreu um “Pritzker”da Engenharia

16 de Janeiro de 2017

O Prof. Eng.º José Mota Freitas, um dos mais brilhantes membros da Engenharia nacional e mundial, faleceu na passada sexta-feira, com 78 anos. Foi uma das mais eminentes figuras da engenharia em Portugal, distinguido com o Prémio Mundial de Engenharia Estrutural. Em 2009 recebeu o Outstanding Structure Award (OSTRA), atribuído pela International Association for Bridge and Structural Engineering (IABSE), em resultado do Projecto de Estruturas da Igreja da Santíssima Trindade, em Fátima – “nova Basílica de Fátima”, inaugurada em 2007 no quadro das celebrações do 90º aniversário das Aparições.

O Prémio, considerado o "Óscar" ou o “Pritzker” da Engenharia de Estruturas, destina-se a galardoar, a nível mundial, as obras mais notáveis, inovadoras e criativas, cumpridoras dos mais elevados parâmetros de qualidade. O anterior Projecto de Estruturas alvo do mesmo Prémio tinha sido relativo à ampliação do Aeroporto do Funchal. A nível internacional podem citar-se outras obras alvo deste galardão, como as Burj Khalifa Towers, no Dubai, ou a Ponte de Oakland Bay, em São Francisco.

O Prof. Eng.º Mota Freitas foi uma referência para várias gerações de profissionais, pela carreira de mais de 40 anos como docente na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, a todos marcando pelo seu profundo humanismo, carácter e competência. A Ordem dos Engenheiros – Região Norte atribui-lhe em Janeiro de 2011 a Medalha de Ouro.