CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020
Internacional

Investimento imobiliário em Espanha deverá chegar aos 12.000 M€

23 de dezembro de 2019

O investimento imobiliário no país vizinho deverá chegar aos 12.000 milhões de euros em 2019. A duas semanas do fim-do-ano, segundo dados apurados pela consultora CBRE, o o investimento no sector atingia os 11.308 milhões de euros e é sabido, lá como cá, que é no final do ano que, muitas vezes, se concluem grandes transacções.

Segundo a CBRE Espanha, os Escritórios foi o sector que atraiu mais investimento (31% do total), seguido do sector habitacional para arrendamento (Multifamily), e a hotelaria e a indústria/logística, ambos absorvendo 15% do total investido.

O estudo da CBRE Espanha chama a atenção para a importância que o segmento habitacional para arrendamento ganhou em 2019 , sendo agora o segundo sector de maior atracção de capital (19% do investimento total - 2.075 milhões de euros), quando em 2018 ele era praticamente residual. A necessidade sentida no mercado da habitação levou muitos promotores e fundos a apostarem na construção de novos prédios para arrendamento – explica a CBRE.

O estudo da consultora revela ainda que entre os investidores internacionais os norte-americanos (EUA) continuam a liderar (22% do volume total do investimento), seguidos do Reino Unido (8%) e da Suiça (5%).

Madrid e a Catalunha foram as duas grandes regiões metropolitanas que mais atraíram o investimento imobiliário em 2019: a região da capital de Espanha captou 40% do investimento total (mais 12% que em 2018); enquanto que a Catalunha atraiu 23% do investimento, o que representou um acréscimo de 36% face ao registado em 2018, o que não deixa de ser surpreendente face à situação de conflitualidade que tem sofrido a região.

PUB
ARRENDAMENTO
Rendas das casas aumentam 3,4% em Janeiro em termos homólogos
12 de fevereiro de 2020
PUB
PUB
PUB