CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
segunda-feira, 18 de novembro de 2019
Actualidade

Fundos de Investimento imobiliário continuam em queda

22 de julho de 2016

Em Junho de 2016, o valor sob gestão dos fundos de investimento imobiliário (FII), dos fundos especiais de investimento imobiliário (FEII) e dos fundos de gestão de património imobiliário (FUNGEPI) situou-se em 10.828,3 milhões de euros, menos 46,6 milhões de euros (0,43%) do que em Maio.

Segundo comunicado da CMVM - Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, o montante sob gestão desceu em todos os segmentos face ao mês anterior. Nos fundos de investimento imobiliário recuou 0,2% para 7.692,6 milhões de euros, nos fundos especiais de investimento imobiliário caiu 1,0% para 2.566,5 milhões de euros e nos FUNGEPI desceu 0,5% para 569,2 milhões.

De acordo com a CMVM os países da União Europeia continuam a ser o principal destino dos investimentos em activos imobiliários, representando 100% do total aplicado. Os imóveis destinados ao sector dos serviços foram o principal alvo das aplicações dos FII e FEII abertos, com um peso de 47,5% nas carteiras. Os investimentos realizados pelos FUNGEPI destinaram-se sobretudo ao sector do comércio (37,2% do total). A Interfundos (13,3%), a Fundger (10,9%) e a Norfin (10,0%) têm as quotas de mercado mais elevadas. Em Junho foram liquidados dois fundos de investimento imobiliário: o “Popular Predifundo – Fundo de Investimento Imobiliário Aberto”, gerido pela Popular GA, e o “Lapa Private – Fundo de Investimento Imobiliário Fechado”, gerido pela GNB – SGFII.

PUB
ARRENDAMENTO
Englobamento obrigatório para rendimentos prediais terá “efeito perverso” no mercado – diz APEMIP
14 de novembro de 2019
PUB
PUB
PUB