Gestão e tecnologia obrigatórios na escolha de um imóvel

12 de Julho de 2018

A qualidade da gestão de imóveis e a incorporação de tecnologia são pontos fundamentais nas decisões dos inquilinos relativamente aos locais a arrendar espaços. 

Estás são algumas das conclusões da segundo edição de 2018 do estudo Global Tenant Survey da consultora CBRE, que analisa quais os aspectos da gestão de imóveis que os inquilinos mais valorizam, bem como os novos serviços que pretendem ter ao seu dispor.

Nos vários tipos de imóveis, incluindo escritórios, retalho e indústria, o estudo revela que para 88% dos inquilinos a qualidade da gestão do imóvel tem um impacto determinante na decisão de renovação do contrato de arrendamento. Para os inquilinos, a renovação do contrato de arrendamento significa uma maior estabilidade na equipa, assim como um menor encargo financeiro e disrupção resultantes de uma relocalização. Para os investidores, uma maior taxa de renovação dos seus inquilinos significa normalmente também um maior resultado operacional líquido dos activos.

Mary Jo Eaton, Presidente Global de Asset Services da CBRE, adianta que "à medida que olhamos para o futuro da gestão de imóveis e proporcionamos resultados excelentes aos nossos clientes – investidores -, estamos a sentir uma maior procura por serviços adicionais em grande parte impulsionada pela tecnologia, que tem vindo a aumentar o engagement com inquilinos e a criar um destino de escolha para colaboradores”. A responsável salienta ainda que "quando combinamos esta procura com as nossas equipas de gestão de excelência, serviços tecnológicos como o CBRE 360 podem ajudar a alavancar estes esforços, criando uma experiência global melhorada, tanto para as empresas como para os próprios colaboradores nos imóveis”.

Os dados do estudo da CBRE demonstram que um local de trabalho que responda ou até exceda as espectativas dos colaboradores, vai melhorar o seu engagement e níveis de retenção. Nos diversos tipos de imóveis, o estudo revelou que para 87% dos inquiridos a gestão do imóvel tem um papel importante ou muito importante na retenção de colaboradores. Quando pedido para descreverem o que constituiu uma gestão de imóveis de excelência, o relatório mostra que o mais importante são as funções vitais, que garante que as operações do edifício decorrem de forma eficaz o que, em última instância, permite que os clientes - investidores - obtenham o maior retorno sobre os seus ativos. A capacidade de resposta é o atributo mais desejado, que é definida pela facilidade de contacto e capacidade de reação.

Também Andrew Kupiec, Presidente Global do CBRE 360, acrescenta que “as descobertas resultantes deste estudo espelham o feedback positivo que temos vindo a receber do setor, relativamente ao serviço de tecnologia CBRE 360”, afirma . “Oferecendo aos inquilinos aquilo que eles querem e o que os gestores de imóveis precisam, o CBRE 360 cria um melhor método para comunicar as preocupações relativas ao edifício e acesso a comodidades, serviços de portaria e informações de bem-estar num único local e disponíveis on-the-go.”

Já Luis Teodoro, Director sénior de Asset Services da CBRE Portugal, refere que “os nossos programas de gestão de escritórios “Office Play” e “Premier Properties” estão completamente focados na experiência do utilizador e trabalha áreas que vão desde o bem-estar, actividades de carácter lúdico e responsabilidade social, até à utilização de plataformas tecnológicas que facilitam o dia-a-dia não só de quem trabalha nos edifícios, mas também dos visitantes do mesmo”.