CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quarta-feira, 27 de outubro de 2021
Escritórios
40.000 m² de escritórios colocados nos primeiros 4 meses de 2016

40.000 m² de escritórios colocados nos primeiros 4 meses de 2016

9 de junho de 2016

A absorção no mercado de escritórios de Lisboa nos primeiros quatro meses de 2016 ascendeu a 39.571 m², um crescimento de 23% face a igual período de 2015 (32.118 m²), o que representa um dado positivo da evolução no mundo empresarial e da economia. Em 2015 foram colocados na região de Lisboa cerca de 145.000 m2 de escritórios.

No acumulado do 1.º quadrimestre do ano, a área média por operação foi de 660 m², o que confirma a continuação de tendência de procura por espaços de maior dimensão (em 2015, a área média transaccionada quedou-se pelos 562 m²).

As informações são retiradas do mais recente Office Flashpoint elaborado pelo consultora JLL relativo a Abril, consultora imobiliária que, no período em casa, foi responsável pela colocação de 20% da área ocupada no mercado.

De Janeiro a Abril, a Nova Zona de Escritórios (que abrange a franja da 2ª Circular ao Campo Grande, além do eixo da Praça de Espanha/Av. José Malhoa) lidera a actividade de ocupação, com 22% da área arrendada, seguida de imediato pelo Prime CBD (eixo Av. Liberdade – Saldanha) e pelo CBD (eixo Saldanha- Entrecampos e Amoreiras), onde a absorção no acumulado do ano foi, respectivamente, de 21% e 20% do total.

Segundo ainda o documento, a absorção em Abril ascendeu a 6.185 m², o que evidencia menor dinamismo do que no mês anterior (-52%), mas um crescimento significativo face ao mês homólogo de 2015 (+133%). 

PUB
PUB
TURISMO
Turismo de Portugal lança "Invest in Tourism"
26 de outubro de 2021
ARRENDAMENTO
Rendas das casas em Lisboa continuam 18% abaixo do Pré-Covid
26 de outubro de 2021
PUB
PUB
INTERNACIONAL
Novo Fundo de Investimento da Sonae Sierra adquire cinco supermercados na Alemanha
26 de outubro de 2021
PUB