CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quarta-feira, 26 de Junho de 2019
Actualidade

Engenharia portuguesa consegue recorde mundial na Turquia

23 de Maio de 2019

Pela primeira vez, graças ao método utilizado pela empresa portuguesa BERD, foram construídos vãos de 90 metros com o método de betonagem in situ. O M1-90-S é único no mundo e o maior cimbre autolançável da actualidade.

Graças à engenharia e inovação portuguesa desenvolvidas pela BERD, foi alcançado um recorde mundial e abriram-se novas possibilidades na construção de tabuleiros de pontes e viadutos.

O M1, equipamento desenvolvido pela BERD, empresa portuguesa de soluções para construção de pontes, permite a execução de vãos de 90 metros através do método de betonagem in situ em apenas 14 dias. Este equipamento encontra-se a trabalhar na construção dos tabuleiros de quatro viadutos, que são parte integrante da Linha Ferroviária de Alta Velocidade que ligará Ankara a Sivas, na Turquia.

Estes quatro viadutos, com um comprimento total de 6151 m, estão a ser executados por dois equipamentos fornecidos pela BERD: o M1-90-S, utilizado para vãos de 90 metros, e o M55-S, para vãos até 55 m.

O M1-90-S é único no mundo e o maior cimbre autolançável da actualidade. Antes do M1 apenas eram executados, com este método construtivo, vãos até 75 metros. A sua utilização é particularmente indicada para a execução de pontes com grandes vãos (acima dos 70 metros). Graças ao OPS integrado os equipamentos podem ser mais leves e maiores. O M1 representa uma inovação tecnológica que permite novos limites à construção de tabuleiros de pontes e viadutos.

Segundo a empresa de engenharia portuguesa a par da rapidez de avanço do projecto e da economia de custos, ao utilizar a tecnologia desenvolvida pela BERD, esta obra na Turquia tornou-se mais sustentável e ecológico, dado que foi conseguida uma redução de betão equivalente a 35 mil camiões e mais de 20 mil toneladas de CO2.

PUB
ARRENDAMENTO
64,5% dos utilizadores do OLX procuram casa de férias no Algarve
26 de Junho de 2019
PUB
PUB
PUB