CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
terça-feira, 12 de novembro de 2019
Actualidade

Construção de habitação nova ligeiramente mais cara

6 de outubro de 2017

Os custos de construção de habitação nova aceleraram ligeiramente em Agosto, subindo 0,1 pontos percentuais (p.p.) em relação a Julho. Já o custo na reabilitação desceu 0,1 p.p.

Segundo os dados divulgados hoje pelo INE - Instituto Nacional de Estatística, a taxa de variação homóloga do Índice de Custos de Construção de Habitação Nova foi de 1,6% no mês em análise. A aceleração do índice total foi determinada pela componente Materiais, que registou uma variação homóloga de 0,8% em agosto, 0,1 p.p. superior à verificada no mês anterior. A variação da Mão-de-obra manteve-se em 2,1%.

O INE avança ainda que as variações homólogas dos índices relativos a Apartamentos e Moradias fixaram-se ambas em 1,6%, registando acréscimos de 0,1 p.p..

Quanto ao Índice de Preços de Manutenção e Reparação Regular da Habitação registou uma variação homóloga de 2,5% em Agosto, taxa inferior em 0,1 p.p. à observada em Julho. A taxa de variação do índice da componente Produtos desceu 0,6 p.p. face ao mês anterior, para -0,2%. A componente Serviços subiu 0,1 p.p. face a Julho, para uma taxa de 3,4%

Em Agosto, apenas as regiões do Alentejo e do Algarve registaram uma descida homóloga nos preços da manutenção e reparação regular da habitação (-0,1% em ambas). Em todas as restantes regiões do Continente verificaram-se aumentos, sendo a variação mais elevada observada na Área Metropolitana de Lisboa (4,8%).

PUB
ARRENDAMENTO
Modelo do IRS para 2020 com campo para contratos de arrendamento com redução de IRS
5 de novembro de 2019
PUB
PUB
PUB