CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
sexta-feira, 14 de agosto de 2020
Actualidade
 Construção de habitação nova ligeiramente mais cara

Construção de habitação nova ligeiramente mais cara

6 de outubro de 2017

Os custos de construção de habitação nova aceleraram ligeiramente em Agosto, subindo 0,1 pontos percentuais (p.p.) em relação a Julho. Já o custo na reabilitação desceu 0,1 p.p.

Segundo os dados divulgados hoje pelo INE - Instituto Nacional de Estatística, a taxa de variação homóloga do Índice de Custos de Construção de Habitação Nova foi de 1,6% no mês em análise. A aceleração do índice total foi determinada pela componente Materiais, que registou uma variação homóloga de 0,8% em agosto, 0,1 p.p. superior à verificada no mês anterior. A variação da Mão-de-obra manteve-se em 2,1%.

O INE avança ainda que as variações homólogas dos índices relativos a Apartamentos e Moradias fixaram-se ambas em 1,6%, registando acréscimos de 0,1 p.p..

Quanto ao Índice de Preços de Manutenção e Reparação Regular da Habitação registou uma variação homóloga de 2,5% em Agosto, taxa inferior em 0,1 p.p. à observada em Julho. A taxa de variação do índice da componente Produtos desceu 0,6 p.p. face ao mês anterior, para -0,2%. A componente Serviços subiu 0,1 p.p. face a Julho, para uma taxa de 3,4%

Em Agosto, apenas as regiões do Alentejo e do Algarve registaram uma descida homóloga nos preços da manutenção e reparação regular da habitação (-0,1% em ambas). Em todas as restantes regiões do Continente verificaram-se aumentos, sendo a variação mais elevada observada na Área Metropolitana de Lisboa (4,8%).

PUB
TURISMO
Turismo interno limita quebra de hóspedes a 82% e de dormidas a 85,2% em Junho
14 de agosto de 2020
PUB
ARRENDAMENTO
Câmara de Lisboa abre 2º concurso de Renda Acessível com 30 novas casas
13 de agosto de 2020
PUB
PUB
INTERNACIONAL
França estima impacto no turismo em cerca de 40.000 milhões de euros
10 de agosto de 2020
PUB