CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021
Actualidade
CTT vendem imóvel em Lisboa por 10,3 ME

CTT vendem imóvel em Lisboa por 10,3 ME

15 de maio de 2018

Os CTT assinaram hoje um contrato de promessa para a venda de um imóvel em Lisboa pelo valor de 10,3 milhões de euros, no âmbito da sua política de alienação de activos não estratégicos, informou a empresa em comunicado.

"Nos termos deste contrato, o preço global devido pela venda do imóvel corresponde a 10,3 milhões de euros (o que representará uma mais-valia contabilística antes de impostos de cerca de 8,5 milhões de euros, com um impacto fiscal de cerca de 1,1 milhões de euros)", referem os CTT na nota enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Hoje os CTT receberam a quantia de 1,0 milhão de euros a título de sinal e princípio de pagamento, devendo o remanescente ser pago quando for celebrada a escritura pública de venda definitiva do imóvel, localizado na Rua da Palma, a qual deverá ocorrer no prazo máximo de seis meses.

A alienação encontra-se "apenas condicionada ao não exercício de direito de preferência na venda destes imóveis pelas autoridades administrativas que legalmente beneficiam de tal direito", adianta a empresa.

Em 19 de Dezembro, os CTT anunciaram o Plano de Transformação Operacional, ou seja, um plano de reestruturação que prevê reduzir cerca de 800 pessoas na área das operações ao longo de três anos, em consequência da queda do tráfego do correio, de um total de 6.700 efectivos, dos quais 6.200 efectivos e perto de 500 contratados a termo.

Os CTT empregam 12.149 pessoas, das quais 11.702 em Portugal, país onde opera uma rede de 4.297 lojas, das quais 615 próprias, 1.724 em parceria, 1.958 postos de venda de selos, a que se juntam 4.202 agentes Payshop.

Além da redução de 800 colaboradores em três anos, os CTT pretendem ainda racionalizar activos não estratégicos (mais ou menos 30 propriedades) e ainda optimizar a cobertura da rede de lojas através da conversão de lojas em postos de correio ou fecho daquelas com pouca procura por parte dos clientes, de acordo com o plano divulgado em Dezembro.

Lusa/DI

PUB
TURISMO
Agências de Viagens e Operadores Turísticos com apoio de 100 milhões de euros
24 de fevereiro de 2021
ARRENDAMENTO
Proprietários receiam que incumprimento de rendas vá aumentar este ano
17 de fevereiro de 2021
PUB
PUB
INTERNACIONAL
FIFA world Cup Qatar 2022: construção de 7 estádios já levou à morte de mais de 6.500 trabalhadores migrantes
24 de fevereiro de 2021
PUB