Origem do dinheiro para compra de casa registado em escritura

20 de Abril de 2017

Notários e conservadores terão de incluir nas escrituras o número das contas bancárias e dos cheques usados nas transacções imobiliárias e nos contratos de arrendamento acima dos 2.500 euros também têm de ser comunicados pelos agentes imobiliários.

O Jornal de Negócios avança hoje que o Governo quer apertar o controlo sobre os negócios imobiliários, numa altura em que o mercado ganha renovado dinamismo aumentando a sua permeabilidade à lavagem de dinheiro.

Assim, todas as transacções vão passar a ser analisadas e forma a justificar o pagamento efectuado por cada transacção de imóvel bem como reforçar a comunicação por parte dos agentes imobiliário no que diz respeito aos arrendamentos com valores acima dos 2.500 euros.