CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
segunda-feira, 26 de Agosto de 2019
Habitação by century 21

Crédito à habitação no Santander subiu 1,7%

8 de Maio de 2019

Na apresentação dos resultados do primeiro trimestre deste ano, o Santander indica que o crédito à habitação subiu 1,7% para 19.474 milhões.

Pedro Castro e Almeida, Presidente Executivo do Banco Santander Totta, revela que "os recursos totais cresceram nos primeiros três meses acima dos 9%, por via do aumento dos depósitos (8,9%) e dos recursos fora de balanço (11,9%). No crédito, mantivemos a nossa quota de 20%, tanto nos valores concedidos às empresas, como no crédito à habitação".

De referir que no final de Março de 2019, a Santander Totta, SGPS alcançou um resultado líquido de 137,3 milhões de euros, 5,2% acima do valor registado no período homólogo.

Já o crédito ascendeu a 40,5 mil milhões de euros, decrescendo 2,4% em termos anuais, evolução que traduz a gestão das carteiras não produtivas. Excluindo este impacto a carteira teria estabilizado em relação a Março de 2018.

As quotas de mercado de novos empréstimos de crédito a empresas e habitação situaram-se em 20,5% e 19,6%, respectivamente, até ao final de Fevereiro. 

A instituição bancária salientou ainda que no âmbito do plano de transformação digital, o Santander lançou a plataforma Open House que tem como objectivo melhorar o processo de crédito hipotecário, reduzindo o tempo de contratação e carga administrativa, melhorando a experiência do cliente. O novo modelo de contratação permite ao cliente acompanhar o seu processo em tempo real e contratar um crédito habitação num período mais reduzido, não superior a 25 dias.

PUB
ARRENDAMENTO
Matosinhoshabit ajuda 600 famílias num ano
22 de Agosto de 2019
PUB
PUB
PUB