CONSTRUÍMOS
NOTÍCIA
domingo, 22 de setembro de 2019
Habitação by century 21

Bankinter com os spreads mais baixos do mercado

16 de janeiro de 2017

O Bankinter voltou a descer o preço do Crédito Habitação, apresentando agora spreads mínimos de 1,25% e de 1,5%, com uma grelha de spreads simplificada em que o preço passa a ser definido pelo montante do empréstimo.

O banco abandona assim, entre outros critérios, o do valor do empréstimo face ao valor do imóvel, passando a considerar o montante de empréstimo solicitado para a definição do spread mínimo: para montantes superiores a 150 mil euros o banco apresenta o spread de 1,25%; para montantes inferiores o spread é de 1,5%.

Apresenta ainda uma gama alargada de soluções de protecção e uma abrangente oferta de Taxas Fixas com prazos de 10, 15, 20, 25 e 30 anos.

A nova grelha de spreads mínimos do Banco está acessível a todos os Clientes e potenciais Clientes do Banco, mediante a subscrição e manutenção dos Seguros Vida, Multirriscos e Protecção ao Crédito, bem como da domiciliação de Ordenado no Bankinter, que mantém a sua oferta Conta Mais Ordenado Bankinter, uma conta à ordem sem comissão de manutenção e que oferece uma remuneração semestral de 5% (TANB) durante o primeiro ano.

O banco mantém a campanha de transferência de Crédito Habitação, lançada em Setembro do ano passado, através da qual suporta até 1,25% do capital transferido nos custos das transferências de Créditos Habitação para o Bankinter.

"Esta iniciativa confirma o nosso compromisso com o mercado português e reafirma a nossa vontade de apoiar as famílias em Portugal. Disponibilizamos agora os spreads mínimos mais baixos do mercado, depois de termos lançado uma Campanha para Transferência de Crédito Habitação e de termos reduzindo quase para metade o tempo entre a solicitação do Crédito Habitação e a Escritura da nova casa", refere Carlos Brandão, presidente executivo do Bankinter em Portugal.

O responsável adianta ainda que é por serem especialistas que conseguem passar de menos de 1% de quota de mercado em produção mensal de crédito habitação em Abril para uma quota de 4,8% em Outubro – os últimos dados que estão disponíveis. "Isto é ainda mais significativo se atendermos ao facto de termos 1,8% das agências em Portugal. Os clientes reconhecem-nos como especialistas e escolhem-nos por isso", conclui Carlos Brandão.

PUB
ARRENDAMENTO
Porta 65 Jovem: Nova fase de candidaturas já está a decorrer até Outubro
20 de setembro de 2019
PUB
PUB
PUB