Pavilhão de Portugal recebe a 3ª edição do Archi Summit

18 de Abril de 2017

Está oficialmente lançada a 3ª edição do único Summit de arquitectura em Portugal. Vai decorrer no Pavilhão de Portugal com uma instalação do arquitecto Manuel Aires Mateus.

A 3ª edição do Archi Summit, que vai acontecer entre os dias 6 e 7 de Julho na cidade de Lisboa vai permitir que arquitetos, engenheiros e designers destaquem aquilo que de melhor se faz em todo o mundo nestas áreas.

Este ano conta com a presença de oradores de renome internacional, tais como Valerio Olgiati, arquitecto suíço e docente na Universidade de Harvard, bem como os seus compatriotas Piet Eckert e PASCAL FLAMMER e, ainda, os portugueses Manuel Aires Mateus, Barbas Lopes e o ateliê «SAMI», o alemão Arno Brandlhuber, o belga Jan De Vylder, o sueco Johannes Norlander e, por fim, o ateliê espanhol «ARQUITECTURA-G».

"Esta edição será particularmente especial porque trazemos novidades a Lisboa. A pergunta impõe-se: algum arquiteto já frequentou um summit de arquitetura na capital do país?. A resposta é não. O «Archi Summit» é, por isso, um evento criado especialmente para este público, pensado para os arquitetos em atividade, com soluções, ideias e conhecimento para que se respire, cada vez mais, arquitetura de qualidade em Portugal", revela Bruno Moreira, fundador do Archi Summit e responsável pela sua organização.

Desde a 1.ª edição que o Archi Summit conta com o patrocínio oficial da Margres, empresa de cerâmica de Aveiro e da reconhecida Love Tiles. Este ano, novos patrocinadores aderiram à iniciativa, como a ATZ, Hyline e Barbot, que se juntam, assim, às empresas que já constavam no quadro: o Grupo Amorim e o Grupo Praceram, líderes nos respectivos segmentos.

Esta edição conta com a curadoria de dois nomes emergentes na arquitetura nacional, Rodrigo Costa Lima e Amélia Brandão, que ajudam a organização a garantir os padrões de exigência e de qualidade exigidos numa iniciativa com esta abrangência e dimensão. Em 2016, o Archi Summit recebeu um galardão, no âmbito dos Prémios Lusófonos da Criatividade, resultado dos excelentes níveis de desempenho da sua estrutura e organização.

Em 2015, o evento decorreu no parque de estacionamento «Silo Auto», no Porto, o ano passado aconteceu no Antigo Matadouro do Porto e agora na icónica "pala" do Pavilhão de Portugal.